quarta-feira, 8 de agosto de 2018

ARI, PONTEIRO-DIREITO, VÁRIAS VEZES CAMPEÃO PELA FERROVIÁRIA




O ponta-direita ARI (Ari da Silva Augusto), natural de Arealva (SP), onde nasceu no dia 9 de agosto de 1957, foi um jogador da Ferroviária que se tornou campeão duas vezes na base de formação (Juniores) e uma vez no time principal (mais precisamente em 1977, no Torneio Incentivo patrocinado pela Federação Paulista de Futebol). Além de ter sido duas vezes campeão nos Jogos Abertos, representando Araraquara, através da Ferroviária.

Ari em dia de decisão no Estádio Municipal de Araraquara, em 1975, pelo Amador da LAF, reunindo Ferroviária e Benfica


Tivemos a feliz oportunidade de ouvir as palavras de ARI, e as repassamos aos nossos leitores: 

“Joguei na Ferroviária de 1975 a 1979. Fui campeão pelos Juniores quatro vezes, duas pela AFE e duas pelos Jogos Abertos. A Ferroviária representava a cidade. Pelo time profissional, fui campeão do Torneio João Saad em 1977 diante do São Bento, em Sorocaba. Sou da época do Gama, Cardillo e Parelli. Depois que saí da Ferroviária joguei no Oeste de Itápolis e Santracruzense.”

ARI formou trio atacante afeano, na conquista do Torneio Incentivo de 1977, com Volnei e Ângelo.

Ele se reportou ao título de campeão pela AFE naquele torneio.

Eis a ficha técnica do jogo final, realizado em Sorocaba no dia 11 de dezembro de 1977:

São Bento 0 x 0 Ferroviária

11 de dezembro de 1977, domingo à tarde
Estádio Humberto Reali, em Sorocaba (SP)
Torneio Incentivo – Segunda partida da decisão
Árbitro: João Leopoldo Ayeta
Público: 3.772 pagantes
São Bento – Alfredo; Chiru, Tuta, Arlindo e Batata; Serelepe, Valmir e Adãozinho; Mojica, Cândido e Sérgio Ramos (Abel).
Ferroviária – Sérgio Bergantin; Vicente, Mauro, Sérgio Miranda e Paulo Lampa; Advilson, Samuel e Duda (Carlos); Ari, Volnei e Ângelo. Técnico: Olivério Bazani Filho.

Observação: Na primeira partida contra o São Bento, na Fonte Luminosa, a Ferroviária ganhou por 2 a 0, com gols de Volnei. O empate em Sorocaba garantiu-lhe o título de campeã.


FOTOS


ARI forneceu algumas fotos sugestivas de seu tempo como jogador afeano. Elas são mostradas nesta matéria.

Ari ladeado pelo ídolo afeano Bazani e pelo olheiro nota máxima, Djalma Bonini (Picolim). 

Ari exibindo um troféu conquistado pelos Juniores, ao lado de Romero (outro jogador de destaque da categoria), num dia de festas na Fonte Luminosa com a presença do São Paulo. Os Juniores se exibiram na preliminar. 



Ari no time profissional da Ferroviária
Em pé. Sérgio Miranda, Mauro Pastor, Paulo Sérgio PC, Ronaldo, Carlos e Sérgio Bergantin. Agachados Ari, Washington, Mazinho, Alfredo e Galdino.

Ari com a Camisa do Oeste (1980)


ATUALIDADE

ARI reside em sua cidade natal, Arealva (SP), bairro Jacuba. É funcionário público municipal há 12 anos. Nos 10 primeiros, foi Coordenador de Esportes; há dois, passou a ser Coordenador de Obras. No período de 1992 a 1996, foi Vice-Prefeito da cidade. Portanto, Ari continua em plena atividade, exercendo funções importantes em seu município.



61 ANOS DE VIDA

O ex-ponta direita ARI está completando 61 anos de vida (em 9 de agosto). Aproveitamos a oportunidade para cumprimentá-lo, desejando-lhe muitas felicidades e agradecendo-lhe pelas informações e fotos que nos possibilitaram elaborar esta matéria.



ELABORAÇÃO E EDIÇÃO: VICENTE HENRIQUE BAROFFALDI E PAULO LUÍS MICALI

Nenhum comentário:

Postar um comentário