segunda-feira, 6 de novembro de 2017

FERROVIÁRIA NA FONTE – ANO XXX (1980)


Ferroviária 1980 - Em pé: Vica, Tião da Galera, Samuel, Carlos, Zé Rubens, Nandes e Zé Roberto.
Agachados: Paulo Borges, Douglas Onça, Volnei, Washighton, Bispo e Galdino.

A temporada de 1980 começou na Fonte Luminosa com uma partida internacional: a Ferroviária recebeu a visita da Seleção da Romênia, que havia ganho do Santos F.C., na Vila Belmiro, por 1 a 0, na festa de despedida de Clodoaldo, o Corró.

E a AFE obteve melhor resultado que o Peixe, dado que empatou sem gols com os romenos.

Depois disso, nova partida amistosa interessante, contra o Guarani, e primeira vitória dos grenás, na Fonte, em 1980: 1 a 0, gol de Douglas Onça.

Depois viria a Taça de Prata, equivalente ao atual Brasileiro da Série B, e a Locomotiva desenvolveria uma campanha bastante elogiada, chegando às semifinais.

E após os sete jogos pela competição nacional, viria o Paulistão, no qual a Ferroviária não se deu bem, terminando na 14ª colocação.

Mesmo assim, conseguiu, na Fonte Luminosa, estabelecer duas sonoras goleadas, contra o Noroeste (6 a 0) e o Juventus (4 a 0), além de se igualar no marcador contra três grandes: Palmeiras, Portuguesa e Santos.


NÚMEROS GERAIS NA FONTE EM 1980

A AFE realizou um total de 28 partidas na Fonte Luminosa, no ano de 1980. Ganhou mais que perdeu: 12 a 8, e empatou 8 vezes. O time marcou 42 gols e sofreu 26, livrando um bom saldo de 16.


ARTILHEIROS

A Ferroviária teve, naquele ano, jogando na Fonte, dois artilheiros afiados: Wolney, que assinalou oito tentos, e Douglas Onça, que fez sete. Depois viriam outros bons finalizadores: Washington, 5 gols; Paulo Borges, Zé Roberto e Bispo, 4.

Os 42 gols da AFE em 80, na Fonte, tiveram estes autores:

Wolney
Douglas
1º - Wolney, 8 gols

2º - Douglas Onça , 7

3º - Washington, 5

4º - Paulo Borges, Zé Roberto e Bispo, 4

7º - Galdino, Toninho e Marinho Paranaense, 2

10º - Radar, Faísca, Sérgio Miranda e Arouca, 1



OS JOGOS DA FERROVIÁRIA NA FONTE, EM 1980 

(Nº de ordem – Jogo – Data – Artilheiros da AFE)


Amistosos

1 – Ferroviária 0 x 0 Seleção da Romênia – 05.02.80
2 – Ferroviária 1 x 0 Guarani – 15.02.80 – Douglas Onça


Taça de Prata

3 – Ferroviária 2 x 1 Bangu (RJ) – 24.02.80 – Douglas Onça (2)
4 – Ferroviária 3 x 0 Noroeste – 27.02.80 – Galdino e Douglas Onça (2)
5 – Ferroviária 1 x 1 Goytacaz (RJ) – 08.03.80 – Paulo Borges
6 – Ferroviária 1 x 2 Inter de Limeira – 12.03.80 – Bispo
7 – Ferroviária 2 x 1 Juventus – 09.04.80 – Paulo Borges e Douglas Onça
8 – Ferroviária 3 x 0 ABC (RN) – 27.04.80 – Toninho e Zé Roberto (2)
9 – Ferroviária 0 x 1 CSA (AL) – 07.05.80


Campeonato Paulista

10 – Ferroviária 1 x 1 Botafogo – 11.05.80 – Galdino
11 – Ferroviária 0 x 0 América – 18.05.80
12 – Ferroviária 0 x 3 Comercial – 22.05.80
13 – Ferroviária 1 x 4 Inter de Limeira – 01.06.80 – Washington
14 – Ferroviária 0 x 1 Guarani – 05.06.80
15 – Ferroviária 1 x 1 Palmeiras – 11.06.80 – Bispo
16 – Ferroviária 0 x 0 Ponte Preta – 18.06.80
17 – Ferroviária 6 x 0 Noroeste – 28.06.80 – Wolney (3), Bispo, Douglas Onça e Washington
18 – Ferroviária 3 x 1 São Bento – 13.07.80 – Washington, Sérgio Miranda e Toninho
19 – Ferroviária 1 x 0 XV de Piracicaba – 20.07.80 – Zé Roberto
20 – Ferroviária 0 x 1 Corinthians – 23.07.80
21 – Ferroviária 3 x 3 Portuguesa – 10.08.80 – Marinho Paranaense, Paulo Borges e Washington
22 – Ferroviária 3 x 2 XV de Jaú – 24.08.80 – Paulo Borges, Washington (pênalti) e Zé Roberto
23 – Ferroviária 0 x 0 Santos – 03.09.80
24 – Ferroviária 4 x 0 Juventus – 07.09.80 – Bispo e Wolney (3)
25 – Ferroviária 0 x 1 São Paulo – 21.09.80
26 – Ferroviária 0 x 1 Taubaté – 05.10.80
27 – Ferroviária 3 x 1 Marília – 19.10.80 – Arouca e Wolney (2)
28 – Ferroviária 3 x 0 Francana – 26.10.80 – Faísca, Marinho Paranaense e Radar


JOGARAM NA FERROVIÁRIA EM 1980

Tião, Sérgio Bergantin, Carlos, Marinho Paranaense, Sabará, Vica, Arouca, Samuel, Sérgio Miranda, Luís Florêncio, Zé Rubens, Nandes, Douglas Onça, Washington, João Carlos, Zé Roberto, Lavinho, Paulo Borges, Bispo, Toninho, Wolney, Galdino, Faísca.


Fonte:
Acervo de “Ferroviária em Campo”

Fotos:Museu da AFE, Douglas Onça e Diário do Nordeste

Pesquisa, elaboração e edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali 

Nenhum comentário:

Postar um comentário