sexta-feira, 20 de outubro de 2017

A HISTÓRIA DA FERROVIÁRIA CONTRA OS ATUAIS INTEGRANTES DO BRASILEIRÃO




(Tema sugerido por Paulo Celso Biasioli, afeano residente em Limeira, SP)


RESUMO:

Clubes do Brasileirão que a Ferroviária enfrentou: 16

Clubes do Brasileirão que a Ferroviária nunca enfrentou: 4

Vantagens: 3

Igualdades: 4

Desvantagens: 9


Contra os 20 atuais integrantes do Campeonato Brasileiro da Série A, a Ferroviária apresenta a seguinte situação, referentemente a jogos disputados:

Dos 20 times, ela jamais enfrentou quatro: Flamengo, Chapecoense, Avaí e Vitória.

Dos 16 contra os quais ela jogou, o resumo é o seguinte:

Levou a melhor sobre três deles: Botafogo-RJ, Grêmio-RS e Atlético-GO.

Igualou-se a quatro outros: Cruzeiro, Atlético-MG, Atlético-PR e Bahia.

Levou a pior contra: Palmeiras, São Paulo, Santos, Corinthians, Ponte Preta, Fluminense, Vasco, Coritiba e Sport.

Dos 16 times de primeira linha, cinco foram oponentes afeanos em muitas oportunidades: justamente os paulistas, em função dos enfrentamentos pelo Campeonato Paulista. O Palmeiras foi o adversário mais frequente, 91 vezes. Corinthians e Ponte Preta, 77 vezes. São Paulo, 73, e Santos, 72.

Contra os demais antagonistas, em número de 11, a Ferroviária jogou poucas vezes, totalizando 23 partidas.


As vantagens da Ferroviária contra os clubes de elite

Grêmio-RS – contra o time gaúcho, a Ferroviária realizou dois jogos, ambos pela Taça de Ouro de 1983: empatou na Fonte (2 x 2) e ganhou em Porto Alegre (3 x 1).

Botafogo-RJ – contra o time carioca, a Ferroviária realizou dois jogos, ambos pela Taça de Ouro de 1983: ganhou no Maracanã (1 x 0) e na Fonte Luminosa (2 x 1).

Atlético-GO – contra o time goiano, a Locomotiva realizou apenas uma partida amistosa, no dia 03.06.1962, em Goiânia, ganhando por 3 x 1.


Ferroviária x Grêmio

As igualdades da Ferroviária contra os clubes de elite

Cruzeiro – apenas um jogo amistoso, em 29 de janeiro de 1967, comemorando o acesso à divisão principal do futebol bandeirante, na Fonte Luminosa: empate de 2 x 2 contra o time de Tostão e cia.

Atlético-MG – também uma única partida contra o Galo das Alterosas, no dia 15 de julho de 1995, em Uberlândia, valendo pela Copa Rei Dadá. Empate de 1 x 1. Nas cobranças de pênaltis, a AFE levou a melhor, 3 x 1 e disputou o título com o São Paulo, empatando no tempo regulamentar e perdendo nos pênaltis.

Atlético-PR – apenas dois jogos fizeram entre si, Locomotiva e Furacão. Ambas em disputa da Taça de Ouro de 1983, registrando-se dois empates: 1 x 1 e 0 x 0.

Bahia – também dois jogos, de caráter amistoso, ambos realizados na Fonte Luminosa: em 04.05.1961, 6 x 3 para a AFE; e em 04.06.1992, 2 x 0 para o E.C. Bahia.


Ferroviária x Fluminense


As desvantagens da Ferroviária contra os clubes de elite

Fluminense – 4 jogos realizados, sendo dois amistosos em 1960: 3 x 0 para o Flu, no Maracanã, e 5 x 1 para a AFE, na Fonte; e dois jogos pela Copa do Brasil, em 2016: na Fonte, 3 x 3, no Rio, 3 x 0 para o Flu. Resumindo: duas vitórias do Tricolor, uma da AFE e um empate.

Vasco da Gama – foram duas partidas amistosas e festivas: na inauguração do estádio da Fonte Luminosa, em 1951, com goleada vascaína, 5 x 0; e na inauguração do sistema de iluminação do mesmo estádio, em 1959, com empate de 3 x 3.

Coritiba – dois jogos pelo Campeonato Brasileiro da Série B, em 1995: na primeira, a maior goleada sofrida pela Ferroviária em toda a sua história: 8 x 0 para os paranaenses, no jogo de Curitiba; no encontro de volta, na Fonte, a AFE conseguiu empatar, 0 x 0.

Sport – quatro jogos entre pernambucanos e araraquarenses. A Ferroviária conseguiu uma vitória por goleada, 4 x 0, no Torneio de Recife, em 1967. No mais, só vitórias do Sport: 3 x 1 no dia 18.06.1961, em amistoso realizado em Recife; e dois triunfos na Taça de Ouro de 1983: 1 x 0 na Fonte Luminosa e 4 x 1 na Ilha do Retiro.

Ponte Preta – foram 77 encontros. A Macaca ganhou 38, a AFE, 18, e mais 21 empates.

Santos – 72 jogos, com 15 vitórias da AFE, 39 do Santos e mais 18 empates.

São Paulo – 73 jogos, 18 vitórias da AFE, 37 do São Paulo e 18 empates.

Corinthians – 77 jogos, 15 vitórias afeanas, 17 empates e 45 vitórias corintianas.

Palmeiras – 91 jogos, 13 vitórias dos grenás, 24 empates e 54 vitórias palmeirenses.


Ferroviária x Ponte Preta


NÚMEROS GERAIS DA FERROVIÁRIA CONTRA OS 20 ATUAIS TIMES DO CAMPEONATO BRASILEIRO DA SÉRIE A

Jogos realizados – 413

Vitórias da Ferroviária – 86

Empates – 106

Vitórias dos adversários – 221

Gols anotados pela Ferroviária – 429

Gols sofridos pela Ferroviária – 730

Saldo negativo de gols – 301

 
Vasco que enfrentou a Ferroviária em 1951

Fonte:
Acervo de “Ferroviária em Campo”

Pesquisa, elaboração e edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali

Nenhum comentário:

Postar um comentário