quinta-feira, 25 de maio de 2017

O PIO DA LOCOMOTIVA – ANO I (1964)

(Além de seu silvo tradicional, a Locomotiva de Araraquara passou a ter um PIO especial)


Piu, piuiiiii! Lá vai o trem... Assim se mostra a onomatopeia da locomotiva. 
         
Além do silvo peculiar, a Locomotiva de Araraquara passou a ter um PIO especial, a partir de 1964 e até 1969.
        
Procedente do amadorismo da cidade, com passagens pelo Santana Futebol Clube e pela ADA (Associação Desportiva Araraquara), PIO chegou à Ferroviária para integrar a equipe de Amadores.
     
Mas já em seu primeiro ano de AFE, o lépido ponteiro-esquerdo teve oportunidade no time principal, com José Agnelli, e acabou se firmando entre os titulares, marcando gols importantes e delineando um bom início de carreira no profissionalismo.


     
“Ferroviária em Campo” levantou os detalhes do início de PIO na Ferroviária de Araraquara e passa a mostrá-los:

Primeiro registro de Pio no time principal:
       
Dia 30 de maio de 1964 – Defelê 0 x 5 Ferroviária, em Brasília-DF, amistoso. Pio entrou durante a partida, em substituição a Rezende.

Segundo registro (1º jogo oficial de competição, valendo pelo Paulistão):
   
Dia 23 de agosto de 1964 – Noroeste 2 x 0 Ferroviária, em Bauru. Formou a Ferroviária com: Toninho; Zé Maria, Brandão e Beto; Rubens Sales e Rodrigues; Antoninho, Alencar, Tales, Capitão e Pio. Técnico: José Guillermo Agnelli.

Em pé: Dorival, Geraldo Scalera, Galhardo, Rodrigues, Zé Maria e Rubens Salles. Agachados: Alencar, Paulinho, Tales, Capitão e Pio.
         
Sequência dos jogos de Pio na AFE/1964:
      
Jogo 3 – 30.08.1964 – Santos 2 x 1 Ferroviária – Campeonato Paulista – 1º gol de Pio pela AFE, aos 5 minutos do 2º tempo.
   
Jogo 4 – 06.09.1964 – Ferroviária 2 x 1 Guarani – Campeonato Paulista – 2º gol de Pio pela AFE, na cobrança de pênalti.
       
Jogo 5 – 09.09.1964 – Portuguesa 0 x 2 Ferroviária – Campeonato Paulista 
        
Jogo 6 – 13.09.1964 – Ferroviária 0 x 3 Prudentina – Campeonato Paulista 
    
Jogo 7 – 20.09.1964 – Ferroviária 1 x 1 Botafogo – Campeonato Paulista 
     
Jogo 8 – 26.09.1964 – Corinthians 1 x 0 Ferroviária – Campeonato Paulista 
     
Jogo 9 – 04.10.1964 – São Bento 1 x 2 Ferroviária – Campeonato Paulista 
      
Jogo 10 – 11.10.1964 – Ferroviária 4 x 0 XV de Piracicaba – Campeonato Paulista 
        
Jogo 11 – 18.10.1964 – Ferroviária 1 x 1 São Paulo – Campeonato Paulista – Gol de Pio, 3º pela AFE.
        
Jogo 12 – 25.10.1964 – Ferroviária 2 x 0 Comercial – Campeonato Paulista 
      
Jogo 13 – 29.10.1964 – Palmeiras 2 x 1 Ferroviária – Campeonato Paulista 
      
Jogo 14 – 01.11.1964 – Juventus 5 x 1 Ferroviária – Campeonato Paulista 
      
Jogo 15 – 08.11.1964 – Ferroviária 2 x 0 Noroeste – Campeonato Paulista 
    
Jogo 16 – 11.11.1964 – Ferroviária 2 x 0 Esportiva (Guaratinguetá) – Campeonato Paulista – 1 gol de Pio, 4º pela AFE. 
    
Jogo 17 – 15.11.1964 – Ferroviária 0 x 0 Santos – Campeonato Paulista – No dia de seu aniversário (20 anos), Pio enfrentou o Santos de Gylmar; Ismael, Modesto e Geraldino; Zito e Lima; Peixinho, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe. E a Ferroviária segurou o Peixe na Fonte Luminosa, diante de 11.584 pagantes, com este time: Dorival; Fogueira, Galhardo e Zé Maria; Rubens Sales e Rodrigues; Antoninho, Alencar, Tales, Capitão e Pio. Técnico: Sylvio Pirillo.

Assim foi o primeiro ano de PIO na Ferroviária, em 1964. O ponteiro-esquerdo jogou 17 partidas, sendo 16 pelo Paulistão e um amistoso, em Brasília, na estreia. Marcou 4 gols, contra Santos, Guarani, São Paulo e Esportiva. Nesses 17 jogos, a Ferroviária conseguiu 8 vitórias, 3 empates e conheceu 6 derrotas. Marcou 26 gols (sendo 4 de Pio) e sofreu 19.
     
Portanto, PIO teve um expressivo início de carreira na Ferroviária, prenunciando um sucesso que se confirmou com o passar do tempo.



DADOS DO ATLETA 
    
Apelido: Pio
    
Nome: Osmar Alberto Volpe
               
Nascimento: 15 de novembro de 1944
        
Local: Araraquara (SP)
      
Posição: ponteiro-esquerdo
         
Período na Ferroviária: 1964 a 1969


Os irmãos Pio e Octávio Volpe

       
Títulos na AFE: Campeão da Primeira Divisão do Campeonato Paulista, em 1966; Tricampeão do Interior, de 1967 a 1969. Campeão dos Torneios Quadrangulares de Ribeirão Preto, Goiânia e Recife, em 1967. 
    
Despedida da AFE: 9 de março de 1969, no jogo da Rua Javari, em São Paulo, contra o C.A. Juventus, pelo Campeonato Paulista. Vitória da Ferroviária, 1 a 0, gol de Ismael. 



Aparecida do Norte - Após a vitória sobre o XV de Piracicaba por 1 a 0, no Pacaembu:
 Belluomini, Catira, Pio, Dobrada, Paina, Galvão, Brandão e Fernando

Pio, Wilson S. Luiz e Paulo Bim


Fontes:
- Tópicos do Passado da AFE, Prof. Antônio Jorge Moreira 
- Ferroviariasa.com.br (site oficial da Ferroviária)
- Tardes de Pacaembu (site) 
- Acervo de “Ferroviária em Campo”

Pesquisa, elaboração e edição:
Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali 

Nenhum comentário:

Postar um comentário