domingo, 2 de abril de 2017

O MEIA-ATACANTE RICARDO DIAS


     

     
Ricardo Dias nasceu em Araraquara, no dia 4 de março de 1977.

Seu irmão, Rodrigo Dias, sintetiza a sua trajetória no futebol, prematuramente interrompida aos 24 anos de idade com uma morte trágica. Foi em 3 de junho de 2001, em acidente de carro. 

“Ricardo Dias  jogou nas categorias de base da AFE de 1989 a 1995.
Se profissionalizou em 1996.
Em 1997 se transferiu para o CSA de Alagoas.
Demais clubes: Mogi Mirim, CRB, Etti Jundiaí, Flamengo de Guarulhos, Paraguaçuense, Matonense e Oeste de Itápolis.” 



A ÚNICA VITÓRIA DA FERROVIÁRIA NO PAULISTÃO DE 1996 ACONTECEU GRAÇAS A DOIS GOLS DE RICARDO DIAS. 
Não fosse ele... a Locomotiva teria passado o ano em branco, sem nenhuma vitória.
Essa partida foi arbitrada pelo controvertido e polêmico Alfredo Loebeling.

A ficha técnica do jogo:
Ferroviária 2 x 0 Mogi Mirim
Data: 6 de março de 1996, quarta-feira (noite)
Local: Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Finalidade: Campeonato Paulista/Série A1/1º turno 
Árbitro: Alfredo Santos Loebeling 
Renda: R$ 2.220,00
Público: 261 pagantes 
Gols: Ricardo Dias, 28’ e 35’ do 2º tempo 
Ferroviária: Tião; Jorge Luiz, Wladimir, Paulinho Oliveira e Dedé; Ricardo Dias, Toninho (Luís Carlos), Borçato e Gilmar; Otávio Augusto e Juari (Flores). Técnico: Wilson Carrasco 
Mogi Mirim: Aílton Cruz; Capone, Paulão e Marcelo Batatais; Pedro Aruba, Ricardo Lima (Valdo), Rodrigo, Moreno (Samuel) e Dutra; Leto e Cleber. Técnico: José Carlos Serrão 

UM GOL DE RICARDO DIAS EM VITÓRIA NA CIDADE DE BAURU:
Noroeste 0 x 2 Ferroviária 
Data: 3 de outubro de 1999, domingo (à tarde) 
Local: Estádio Alfredo de Castilho, em Bauru (SP) 
Finalidade: Copa Estado de São Paulo/1ª Fase 
Árbitro: Adriano Marchioreto 
Renda: R$ 830,00 
Público: 217 pagantes 
Gols: Ricardo Dias, 19’ e Preto, 27’ do 1º tempo 
Noroeste: Marcos; Faveron (Carlinhos), Rogério, Vitor Hugo (Clodoaldo) e Belini; Cláudio, Vander (Saulo), Bariri e Charles; Roger e João Paulo. Técnico: Luizão 
Ferroviária: Wilson; Sérgio, João Cléber, Júnior e Silva; Beto Médice, Ricardo Dias, Andreir e Paulista (Emerson); Preto (Josemar) e Vital. Técnico: João Ricardo 
Ocorrência: Charles, do Noroeste, perdeu um pênalti aos 33 minutos do primeiro tempo. 

OUTRO JOGO COM DOIS GOLS DE RICARDO DIAS 
Ferroviária 4 x 1 Internacional (Bebedouro) 
Data: 6 de fevereiro de 2000, domingo 
Local: Fonte Luminosa, em Araraquara (SP) 
Finalidade: Campeonato Pauylista, Série A3 
Árbitro: Roberto Pereira Pires 
Gols da Ferroviária: Ricardo Dias (2), Bruno Taia e Marquinhos 
Gol da Inter: Daniel 
Ferroviária: Wilson; Toco, Beto Médice (João Cléber), Alexandre Silva e Ti; Alex, Ricardo Dias, Emerson (Fernando) e Zé Luiz (Marquinhos); Bruno Taia e João Cléber. Técnico: Bazani 
Internacional (Bebedouro): Não disponível. 

GALERIA DE FOTOS

Infantil  1992 - Em pé: Renatinho (Prep. Físico), Toninho, João, Ricardo Dias, Vacari, Júnior, Juninho, Wilsinho (Prep. Físico) e Tota - Agachados: Gil (roupeiro), Jean, Wilian Bernal, Clebinho, Tita e Burguês.
Campeonato Paulista Infantil AFE x BOTAFOGO Em pé: Juninho, Toninho, João, Vacari, Júnior, Ricardo Dias e Tota Agachados: Burguês, Jean, Tita, Bernal e Marcelo Andrade.
Suíça, 1994  - Servette F.C - Ricardo Dias e Burguês

 Em pé: Fabiano, Fabião, Burguês, Naldo, Cléber Calderan e Toninho. Agachados: Moia, Wilton,Tita, Juari e Ricardo Dias
Base da Ferroviária

Em pé: Cléber Calderan, Fabiano, Ricardo Dias, Zezão, Cecap, Burguês.
Agachados: Celso, Silmar, Sandrinho, Fabião e Juari
Estréia como profissional contra o América de Rio Preto
Com o grande amigo Toninho ( ex -Corinthians)
Contra o Santos em 1996

Ricardo e Rodrigo Dias

Com Toninho no CSA de Alagoas

CSA de Alagoas

CSA de Alagoas

CRB de Alagoas
Oeste de Itápolis

Fontes:
Informações sobre Ricardo Dias passadas pelo seu irmão, Rodrigo Dias, a Paulo Micali 
Acervo de “Ferroviária em Campo”
Fotos enviadas por Rodrigo Dias e Acervo Pessoal Marcelo F. Santos (Burguês)

Elaboração e edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali 

Nenhum comentário:

Postar um comentário