segunda-feira, 10 de abril de 2017

FERROVIÁRIA NA FONTE - ANO XV – 1965


Em pé: Dorival, Galhardo, Fogueira, Zé Maria, Rodrigues e Rubens Salles.
Agachados: Antoninho, Alencar, Tales, Capitão e Pio.


O ano de 1965 foi marcado por dois feitos negativos e inéditos na vida da Ferroviária, ambos pela primeira vez em sua história, no décimo quinto ano de sua existência.
O primeiro, e mais arrasador para os aficionados grenás, foi o rebaixamento da agremiação para a Primeira Divisão, sendo excluída da Divisão Especial por terminar a competição  na última posição.
E o segundo, por ter conhecido mais derrotas que vitórias em seu estádio, a Fonte Luminosa. Foi a primeira vez que o fato se registrou, após 14 anos de expressivas vantagens da AFE no local.
O time conheceu 10 derrotas e apenas 7 vitórias, além de 3 empates, num total de 20 jogos realizados na Fonte. Também em gols houve desvantagem, 27 a favor e 29 contra.
Realmente, foi uma temporada ruim e sofrida, fugindo dos padrões até então conhecidos e propagados com orgulho por sua torcida.
Por ironia, contra os chamados grandes houve equilíbrio na Fonte Luminosa: 3 vitórias e 3 derrotas; 9 gols marcados e 9 sofridos. As vitórias foram contra o Palmeiras, a Portuguesa e o Corinthians. As derrotas aconteceram contra Santos, São Paulo e Palmeiras (este, jogou duas vezes na Fonte, uma em amistoso e outra pelo Paulistão).
Por ironia, nas duas últimas apresentações na Fonte Luminosa, em 1965, quando já não adiantava mais nada, a AFE ganhou: 3 a 2 contra o São Bento de Sorocaba e 2 a 1 contra o Corinthians. 
Tales, com 7 gols, foi o principal artilheiro grená no estádio da Fonte Luminosa, em 1965. Felício, com 5, ficou em segundo lugar; Bazani e Dejair apareceram na sequência, com 4 gols cada. 


OS 20 JOGOS DA AFE NA FONTE, EM 1965
Nº de ordem – Jogo – Data – Finalidade – Autores dos gols grenás
1 – Ferroviária 1 x 2 XV de Piracicaba – 21.03.1965 – Amistoso – Alencar 
2 – Ferroviária 3 x 2 Botafogo (SP) – 11.04.1965 – Amistoso – Dejair, Rezende (pênalti) e Pio 
3 – Ferroviária 0 x 1 América (SP) – 27.05.1965 – Amistoso 
4 – Ferroviária 2 x 0 Noroeste – 30.05.1965 – Amistoso – Bazani e Tales 
5 – Ferroviária 3 x 1 Palmeiras – 02.06.1965 – Amistoso – Bazani, Dejair e Tales 
6 – Ferroviária 1 x 2 Botafogo (SP) – 04.07.1965 – Campeonato Paulista – Tales 
7 – Ferroviária 1 x 3 Santos – 18.07.1965 – Campeonato Paulista – Tales 
8 – Ferroviária 0 x 0 América – 08.08.1965 – Campeonato Paulista 
9 – Ferroviária 0 x 1 Portuguesa Santista – 15.08.1965 – Campeonato Paulista 
10 – Ferroviária 1 x 3 Palmeiras – 18.08.1965 – Campeonato Paulista – Felício 
11 – Ferroviária 2 x 2 Comercial – 01.09.1965 – Campeonato Paulista – Dejair e Felício (pênalti) 
12 – Ferroviária 0 x 1 São Paulo – 12.09.1965 
13 – Ferroviária 2 x 3 Prudentina – 19.09.1965 – Campeonato Paulista – Bazani (pênalti) e Felício 
14 – Ferroviária 2 x 0 Portuguesa de Desportos – 29.09.1965 – Campeonato Paulista – Nilo (2) 
15 – Ferroviária 2 x 0 XV de Piracicaba – 10.10.1965 – Campeonato Paulista – Tales e Felício 
16 – Ferroviária 0 x 2 Noroeste – 17.10.1965 – Campeonato Paulista 
17 – Ferroviária 1 x 2 Guarani – 27.10.1965 – Campeonato Paulista – Felício
18 – Ferroviária 1 x 1 Juventus – 14.11.1965 – Campeonato Paulista – Tales 
19 – Ferroviária 3 x 2 São Bento – 20.11.1965 – Campeonato Paulista – Dejair, Tales e Bazani 
20 – Ferroviária 2 x 1 Corinthians – 08.12.1965 – Campeonato Paulista – Bececê e Jair Marinho (contra) 

Em pé Rubens Sales, Galvão, Fogueira, Fernando Sátiro, Navarro e Rodrigues.
Agachados Rossi, Djair, Téia, Felício e Bazani.

ARTILHEIROS DA AFE NA FONTE, EM 1965

1º - Tales, 7 gols 

2º - Felício, 5 

3º - Bazani e Dejair, 4 

5º - Nilo, 2 

6º - Alencar, Rezende, Pio e Bececê, 1 
(e mais 1 gol contra, de Jair Marinho, do Corinthians)

RESUMO
   


JOGARAM NA FERROVIÁRIA EM 1965
Dorival, Navarro, Toninho, Aparecido, Geraldo Scalera, Aldo, Brandão, Egídio, Valdomiro, Galhardo, Celso, Fogueira, Beto, Coronel, Rubens Sales, Fernando Sátiro, Adão, Hugo, Rodrigues, Galvão, Paina, Rossi, Carlinhos, Edson, Eli, Pedrinho, Índio, Felício, Valter, Osmar, Alencar, Tales, Dejair, Téia, Paulinho, Capitão, Bazani, Rezende, Pio, Bececê, Nilo 

Em pé: Egídio, Rossi, Geraldo Scalera, Fogueira, Capitão e Dorival.
Agachados: Walter Zum-Zum, Tales, Nilo, Felício e Bececê


Fonte:
Acervo de “Ferroviária em Campo”
Fotos: Museu da Ferroviária

Pesquisa, elaboração e edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali 

Nenhum comentário:

Postar um comentário