sexta-feira, 3 de março de 2017

RAMELLO FOI UM DOS CAMPEÕES AFEANOS NO JAPÃO





Nome: Alexandre Ramello

Nascimento: 25 de abril de 1973

Cidade natal: Araraquara-SP

Posição: Meia-direita


Taroba, Marcio, Marcelinho, Ramello e Fernando Leite

Ele percorreu todas as categorias de base da Ferroviária, começando no Infantil com o Tota, em 1987, depois com o Carlinhos Fagnani no Juvenil, e com o Bazani em 1990, nos Juniores. Teve um período no profissional com o Marcão, em 1994, durante o Campeonato Brasileiro da Série C.

Evento importante na carreira é citado com muita honra: “Fui ao Japão em 1991, com os Juniores, sob o comando de Bazani. Foram oito atletas da Ferroviária e oito do Mogi Mirim.”

Alexandre era conhecido junto ao grupo de jovens atletas pelo sobrenome, Ramello. 

O meia-direita araraquarense menciona os juniores da Ferroviária que fizeram bonito no país asiático: além dele, Sandro Amorim, Ronaldo Marconato, Roberto Soares, Fernando Leite, Wilson Cavuco, Edson Taroba, Norinho (de Américo) e o japonês Mion, que fazia intercâmbio na época. Técnico, Bazani.

Afeanos (de verde): Norinho e Ramello (de pé), Sandro e Wilson Cavuco  (agachados), com a Seleção da Russia

O time (combinado paulista formado por Ferroviária e Mogi Mirim) sagrou-se campeão do Torneio Internacional de Juniores no Japão, do qual também participaram: Seleção do Japão, Seleção da Coreia e Sampdoria, da Itália. 

A conquista no Japão foi um ponto marcante em sua carreira, mas certamente Ramello tem felizes recordações de toda a sua formação no futebol, pois esteve sob a orientação de competentes e dedicados esportistas: Tota, Fagnani, Bazani e Marcão, exemplos para os jovens que passaram pela base grená e receberam uma formação exemplar, não apenas para o futebol como também para a vida.

“Ferroviária em Campo” cumprimenta Alexandre Ramello, hoje residindo em São Bernardo do Campo, por ter sido um dos jovens vencedores no Japão, honrando e dignificando o futebol brasileiro, e por ter vestido a camisa grená da Ferroviária de Araraquara, de tantas tradições.

Partida Contra a Coreia 

Fonte:
Informações prestadas por Alexandre Ramello
Fotos: Alexandre Ramello

Elaboração e edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali 

Um comentário:

  1. Parabéns, Ramello!!!! "Respirava" fubebol sempre honrando a Ferroviária! Temos orgulho de você.

    ResponderExcluir