quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

JUNIORES DA FERROVIÁRIA SAEM DA COPINHA INVICTOS





Léo Mendes
Não foi um primor de campanha, mas superou as expectativas em virtude das dificuldades encontradas pelo técnico Leonardo Mendes para formação do elenco, uma vez que o sub-20 sofreu vários desfalques devidos a promoções e saídas de atletas. Foi preciso muito jogo de cintura e habilidade para contornar problemas e formar um time que pudesse fazer frente aos adversários. O que foi conseguido pela competência de Léo e demais integrantes da comissão técnica, além, naturalmente, do empenho dos jogadores.


A Ferroviária avançou até a segunda fase, realizando um total de quatro jogos, empatando três e ganhando um.

Na estreia, empatou com o Villa Nova, de Nova Lima, 0 a 0.

No segundo compromisso, fez 2 a 0 contra o Paranoá-DF.

No terceiro, empatou com o Palmeiras, 1 a 1.

E no mata-mata com o Batatais, empatou por 3 a 3, depois de estar perdendo de 3 a 0. Na disputa de pênaltis, acabou em desvantagem, 4 a 5.



Mas deixou a impressão de um time lutador, que não esmorece.

Além de mostrar o bom futebol de alguns jogadores, dentre os quais pontificaram João Bonani e Rodolfo, este, artilheiro de muitos predicados.




A FERROVIÁRIA DEIXA A COPA SÃO PAULO SEM TER TIDO O DISSABOR DE UMA DERROTA.


Fotos: "Ferroviária em Campo"; Facebook.

Pesquisa, elaboração e edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali

Nenhum comentário:

Postar um comentário