domingo, 13 de novembro de 2016

VITÓRIA NOS PÊNALTIS SOBRE SÃO CAETANO LEVA A FERROVIÁRIA PARA A COPA DO BRASIL OU PARA O BRASILEIRO DA SÉRIE D EM 2017






 A sensacional noitada futebolística da Arena Fonte Luminosa, no sábado 12 de novembro de 2016, que proporcionou impressionante teor de emoção aos milhares de torcedores presentes, culminou com a consagração da Ferroviária, após sair perdendo no tempo regulamentar e também na série de penalidades máximas.



Como num espetáculo de final apoteótico, o jogo de semifinal da Copa Paulista reservou emoção até para o seu epílogo. Tudo estava sendo encaminhado para que os torcedores afeanos saíssem da Arena amargando o dissabor de uma desclassificação.



Mas o lance final reservaria notável impacto aos grenás. O destacado guardião Matheus já havia defendido um pênalti cobrado pelo ex-afeano Daniel. E na cobrança seguinte, executada por Sandoval, nova e espetacular defesa de Matheus garantiria a vibração da galera da Ferroviária.

Ao que consta, foi a primeira vez, na Fonte,  que se disputou cobranças de pênaltis numa partida importante de semifinal de competição oficial, promovida pela FPF. E a AFE logrou sair vitoriosa fazendo 5 a 4 no placar.



O grande mérito do time de Antônio Picoli foi não se deixar envolver por um adversário mais experiente, com média de idade superior. Enfrentou as dificuldades da contenda e se aplicou de começo a fim, procurando a qualificação para a final.



Agora, resta saber contra quem será a grande decisão da Copa Paulista. XV de Piracicaba ou Rio Claro? A resposta virá neste domingo, em jogo marcado para Rio Claro.



Chegar à decisão foi um mérito que a Ferroviária adquiriu através de uma campanha brilhante... a melhor de todos os concorrentes. É certo que ela decidirá em casa, na partida de volta. E mais uma vez sua apaixonada torcida certamente estará presente para empurrar o time.




Ficha técnica:

Local: Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara;
Árbitro: Raphael Claus;
Auxiliares: Anderson José de Moares Coelho e Bruno Salgado Rizo;
Gols: Naôh, aos 8’ do 1º tempo (São Caetano); Élder Santana, aos 30’ do 1º tempo (Ferroviária)

Ferroviária: Matheus; William Cordeiro, Patrick, Luan e Sávio; Rafael Castro (Diego Souza), Kaio(Fábio Souza), Kelvy e Wellington; Élder Santana(Felipe Silva) e Bruno Lopes
Técnico: Antonio Picoli

São Caetano: Paes; Grafite (Mineiro), Sandoval, Magrão e Bruno Recife; Gercimar, Ferreira, Paulo Vinicius e Norton (Daniel Costa); Ermínio e Naôh (Adriano Paulista)
Técnico: Luiz Carlos Martins


Fotos: Ferroviária em Campo

Elaboração e edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali

Nenhum comentário:

Postar um comentário