domingo, 13 de novembro de 2016

FERROVIÁRIA X XV DE NOVEMBRO DE PIRACICABA - UM DUELO EQUILIBRADÍSSIMO




Ferroviária de Araraquara e XV de Novembro de Piracicaba têm muita história para contar. São dois clubes de muita tradição do Interior do Estado de São Paulo e já fizeram, entre si, espetáculos grandiosos.

No duelo dos grenás contra os alvinegros registra-se um equilíbrio impressionante. Foram realizados 119 jogos. A Ferroviária tem uma vitória a mais que o XV: 42 a 41. E aconteceram 36 empates.
Em gols, o Nhô Quim leva pequena vantagem: marcou 150 e sofreu 146.

A campeã Ferroviária em 1966. Em pé: Brandão, Belluomini, Bebeto, Fogueira, Rossi e Machado. Agachados: Passarinho, Maritaca, Téia, Bazani e Pio 

Na mais importante decisão entre ambos, a AFE levou a melhor, na final do Campeonato Paulista da Primeira Divisão, versão 1966. Em dois jogos decisivos no Pacaembu, o primeiro terminou 1 a 1 e o segundo apontou vitória afeana por 1 a 0. Campeã do Acesso daquele ano, a Ferroviária voltaria à Divisão Especial e se tornaria Tricampeã do Interior, de 1967 a 1969.

05.05.2010 – XV 1 x 1 AFE

Bem depois, neste século, no dia 5 de maio de 2010, a Ferroviária foi buscar o acesso à Série A2 em Piracicaba, arrancando um empate por 1 a 1 com o XV.

Mas, se formos atentar para os dois últimos encontros entre esses tradicionais adversários, veremos que, em 2013, pela Copa Paulista, o alvinegro piracicabano levou a melhor com duas vitórias: 1 a 0 na Noiva da Colina e 3 a 0 na Morada do Sol.

Bazani
A maior goleada da Ferroviária contra o XV aconteceu em 11 de outubro de 1964: 4 a 0. O XV de Piracicaba teve seu maior escore em 14 de fevereiro de 2003: 5 a 1.

O grande artilheiro da Ferroviária, nos jogos contra o XV de Piracicaba é Olivério Bazani Filho, o BAZANI camisa 10, de esquerdinha fatal para os antagonistas. O Rabi assinalou 13 gols contra o Nhô Quim.

Enfim, um clássico interiorano que será revivido em duas novas datas, nos próximos dois finais de semana. Piracicaba, primeiro. Araraquara por último. Duas grandes e belas cidades a medirem forças no futebol. O Barão de Serra Negra e a Arena Fonte Luminosa reviverão tempos de grande agitação esportiva em confrontos que certamente mexerão com os nervos dos torcedores de ambas as agremiações.


Fotos: Ferroviária SA; Gazeta Esportiva

Pesquisa, elaboração e edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali  

Nenhum comentário:

Postar um comentário