sábado, 5 de novembro de 2016

FERROVIÁRIA SEGURA EMPATE EM SÃO CAETANO E DECIDE VAGA NA FINAL JOGANDO NA ARENA


São Caetano e Ferroviária ficam no 0 a 0 no Anacleto Campanella (Foto: Alê Vianna)

O resultado alcançado pela Ferroviária, na noite deste sábado, foi muito importante, pois trouxe a definição da semifinal da Copa Paulista para a Arena Fonte Luminosa.

Pícoli
Após um primeiro tempo equilibrado, o São Caetano foi todo pressão no segundo tempo, impedindo qualquer iniciativa de contra-ataque do time de Picoli. O Azulão criou várias situações de gol mas não finalizou com acerto, e quando o fez encontrou em Matheus o goleiro competente de sempre.

Embora o resultado tenha sido muito bom, fazendo o time afeano jogar com moral na partida de volta, o fato de jogar em seus domínios não significa que deva levar favoritismo. O que se espera é que a torcida grená de Araraquara compareça em massa e faça a diferença nesse duelo muito difícil.

Mais uma vez, na história de Ferroviária x São Caetano, dá empate, um resultado registrado em quase todos os confrontos  entre ambos.

Nada está definido... e a galera afeana na certa gritará com entusiasmo para empurrar o time rumo à final da Copa Paulista, na tentativa de obtenção de vaga para a Copa do Brasil de 2017.


FICHA TÉCNICA

SÃO CAETANO 0 x 0 FERROVIÁRIA

Local: Estádio Anacleto Campanella, São Caetano do Sul;
Data/Horário: Sábado, 5 de novembro - 18 horas
Público: 784 pagantes
Arbitragem: Thiago Duarte Peixoto, auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis e Risser Jarussi Corrêa;
Cartões amarelos: Esley e Paulinho (São Caetano); Kaio Fernando e Arthur (Ferroviária);

SÃO CAETANO: Paes; Grafite (Paulinho), Sandoval, Magrão e Bruno Recife; Esley, Ferreira, Paulo Vinicius (Daniel Costa) e Norton (Pikachu); Ermínio e Naôh. Técnico: Luiz Carlos Martins.


FERROVIÁRIA: Matheus; Willian Cordeiro, Patrick, Luan e Sávio; Rafael Castro (Ademir), Kaio Fernando e Kelvy (Diego Souza); Elder Santana, Felipe Silva (Arthur) e Bruno Lopes. Técnico: Antônio Picoli.


Elaboração e edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali

Nenhum comentário:

Postar um comentário