domingo, 6 de novembro de 2016

BALU, UM ANO DE SUCESSO NA FERROVIÁRIA




Foi apenas um ano de Ferroviária, mas o suficiente para despertar a atenção do Cruzeiro, que o levou para as Minas Gerais.


Faz parte da história de Luís Carlos Carvalho dos Reis, o Balu, que chegou à Ferroviária no começo de 1985 e foi logo se adaptando e mostrando seu futebol seguro e eficiente na lateral direita.



Nascido em Castro Alves, Bahia, no dia 28 de dezembro de 1961, Balu tinha 23 anos e muita vitalidade para esbanjar. Foi o que fez, com categoria, conquistando a posição e ajudando bastante a equipe a desenvolver campanha brilhante no Paulistão, no qual chegou às Semifinais e por pouco não disputou o título máximo.



O acervo de “Ferroviária em Campo” registra a presença de Balu nas seguintes partidas da agremiação grená de Araraquara, no ano de 1985:

Nº de ordem – Data – Jogo - Competição

1 – 24.03.85 – Barretos 1 x 1 Ferroviária – Amistoso

2 – 31.03.85 – América 1 x 1 Ferroviária – Amistoso

3 – 14.04.85 – Ferroviária 2 x 2 América – Amistoso

4 – 27.04.85 – Ferroviária 0 x 0 XV de Jaú – Amistoso

5 – 01.05.85 – Palmeiras 1 x 0 Ferroviária – Campeonato Paulista

6 – 08.05.85 – Ferroviária 2 x 1 Ponte Preta – Campeonato Paulista

7 – 11.05.85 – Guarani 2 x 2 Ferroviária – Campeonato Paulista

8 – 26.05.85 – Ferroviária 1 x 0 Botafogo – Campeonato Paulista

9 – 01.06.85 – Marília 0 x 1 Ferroviária – Campeonato Paulista

10 – 06.06.85 – Ferroviária 2 x 0 Noroeste – Campeonato Paulista

11 – 09.06.85 – Ferroviária 0 x 0 XV de Piracicaba – Campeonato Paulista

12 – 15.06.85 – Paulista 3 x 1 Ferroviária – Campeonato Paulista

13 – 22.06.85 – Ferroviária 1 x 2 Portuguesa – Campeonato Paulista

14 – 29.06.85 – Comercial 3 x 1 Ferroviária – Campeonato Paulista

15 – 03.07.85 – Santos 1 x 1 Ferroviária – Campeonato Paulista

16 – 14.07.85 – Ferroviária 1 x 0 Santo André – Campeonato Paulista

17 – 20.07.85 – Juventus 3 x 1 Ferroviária – Campeonato Paulista

18 – 04.08.85 – XV de Jaú 1 x 0 Ferroviária – Campeonato Paulista

19 – 07.08.85 – Ferroviária 0 x 0 São Paulo – Campeonato Paulista

20 – 11.08.85 – Ferroviária 0 x 0 América – Campeonato Paulista

21 – 18.08.85 – São Bento 1 x 1 Ferroviária – Campeonato Paulista

22 – 25.08.85 – Ponte Preta 2 x 0 Ferroviária – Campeonato Paulista

23 – 28.08.85 – Ferroviária 1 x 0 Guarani – Campeonato Paulista

24 – 31.08.85 – Ferroviária 0 x 0 Palmeiras – Campeonato Paulista

25 – 08.09.85 – Botafogo 0 x 1 Ferroviária – Campeonato Paulista

26 – 15.09.85 – Noroeste 0 x 0 Ferroviária – Campeonato Paulista

27 – 18.09.85 – Ferroviária 2 x 2 XV de Jaú – Campeonato Paulista

28 – 22.09.85 – Ferroviária 0 x 1 Comercial – Campeonato Paulista

29 – 28.09.85 – Corinthians 0 x 0 Ferroviária – Campeonato Paulista

30 – 02.10.85 – Ferroviária 2 x 1 Marília – Campeonato Paulista

31 – 06.10.85 – Santo André 1 x 2 Ferroviária – Campeonato Paulista

32 – 13.10.85 – Ferroviária 2 x 0 Juventus – Campeonato Paulista

33 – 17.10.85 – São Paulo 4 x 2 Ferroviária – Campeonato Paulista

34 – 20.10.85 – Ferroviária 3 x 0 São Bento – Campeonato Paulista

35 – 27.10.85 – Ferroviária 1 x 1 Internacional – Campeonato Paulista

36 – 30.10.85 – América 0 x 2 Ferroviária – Campeonato Paulista

37 – 03.11.85 – XV de Piracicaba 1 x 1 Ferroviária – Campeonato Paulista

38 – 10.11.85 – Ferroviária 1 x 0 Santos – Campeonato Paulista

39 – 17.11. 85 – Ferroviária 2 x 2 Paulista – Campeonato Paulista

40 – 24.11.85 – Portuguesa 3 x 1 Ferroviária – Campeonato Paulista

41 – 08.12.85 – Ferroviária 2 x 2 Portuguesa – Campeonato Paulista, Semifinais

42 – 11.12.85 – Portuguesa 2 x 0 Ferroviária – Campeonato Paulista, Semifinais



BALU disputou 42 jogos com a camisa da Ferroviária. Venceu 13, empatou 18 e perdeu 11. Como os quatro primeiros jogos foram amistosos, no Paulistão Balu venceu 13, empatou 14 e perdeu 11.



Não há registro de gols pela AFE, mas naquele tempo lateral era lateral mesmo.




























Fonte:
Acervo de “Ferroviária em Campo”
Fotos: Acervo de Balu



Pesquisa, elaboração e edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali

Nenhum comentário:

Postar um comentário