quinta-feira, 29 de setembro de 2016

FERROVIÁRIA 2 X 2 BRAGANTINO, UM RESULTADO QUE PÕE EM RISCO A PRESENÇA DA AFE NO MATA-MATA



A Ferroviária não conseguiu o que dela se esperava, na noite de quarta-feira, jogando na Arena.




Sendo pressionada no começo do jogo, resistiu bem e começou a reagir. Na terceira finalização a gol, obteve êxito graças à bela jogada individual de Fabrício, que ganhou um rebote, fintou um oponente e concluiu com sucesso.



No primeiro tempo, mostrando objetividade e firmeza, o time de Picoli fez por merecer a vantagem parcial.




No segundo tempo, porém, recuou em demasia, sofrendo novo assédio do Leão de Bragança. Foi por "moto próprio" ou porque o adversário se determinou de vez a atacar? A verdade é que, mostrando competência, o alvinegro bragantino virou o jogo em três minutos, em duas conclusões de cabeça.




Com muito empenho, aliás uma virtude do jovem time grená, a equipe se lançou à luta e criou algumas situações de gol, até que, já sobre a hora, aconteceu um pênalti que, bem batido pelo bom lateral direito Willian Cordeiro, foi convertido, sendo estabelecida a igualdade no marcador: 2 a 2.


Pelas circunstâncias, um resultado aceitável, mas pela situação da Ferroviária na Segunda Fase da Copa Paulista, um mau negócio.




Agora, a recuperação terá de ser tentada fora da Arena, mais precisamente em São Bernardo do Campo, contra o jovem time do Santos B.


Há que se considerar o fato de a Ferroviária ser um time jovem, em formação, e que deve merecer o apoio da torcida, sem que se deixe de cogitar, evidentemente, o necessário reforço para as disputas da dificílima Série A1, em 2017.



FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 2 x 2 BRAGANTINO

Local: Arena Fonte Luminosa, em Araraquara
Data/Horário: Quarta-feira, 28 de setembro, 20 horas
Arbitragem: Ilbert Estevam da Silva, auxiliado por Leonardo Augusto Villa e Orlando Coelho Junior;
Público: 757 pagantes;
Renda: R$ 8.635,00;
Cartões amarelos: Dodô, Lucas Rocha e Ademilson (Bragantino)
Gols: Fabrício (20’ do 1º T) e Willian Cordeiro (44’ do 2º T) para a Ferroviária; Jonathan (18’ do 2º T) e Juliano (21’ do 2º T) para o Bragantino.

FERROVIÁRIA - Matheus; William Cordeiro, Raniele, Luan, Sávio; Kaio Fernando, Arthur e Kelvy (Igor); Fabrício (Elder Santana), Felipe Silva (Bruno Lopes) e Wellington. Técnico: Antônio Picoli.


BRAGANTINO - Rafael Pascoal, Kellyton, Juliano, Lucas Rocha e Dodô (Felipe Manoel); Rodrigo (Ademilson), Eliel, Jonathan e Vitor; Anderson e Tininho (Jéferson). Técnico: Alberto Félix.
(Portal Morada)


Elaboração e edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali 

Nenhum comentário:

Postar um comentário