domingo, 28 de agosto de 2016

FERROVIÁRIA SEGUE INVICTA NA COPA PAULISTA



(5 VITÓRIAS E 3 EMPATES; 16 GOLS MARCADOS E APENAS 1 SOFRIDO) 




A Ferroviária vem desenvolvendo uma campanha interessante na Copa Paulista de 2016. Realizou 8 jogos, ganhou 5 e empatou 3, não sabendo, até agora, o que é perder. Anotou 16 tentos e sofreu só 1.

O empate deste domingo, no Palma Travassos, por 1 a 1, depois de ter inaugurado o marcador, foi considerado bom.  O gol afeano, no finalzinho do primeiro período, nasceu em decorrência de uma falha do goleiro João Guilherme. Já o gol comercialino aconteceu em um lance confuso, no segundo tempo.

Pela primeira vez, o goleiro Matheus sofre um gol após um apreciável tempo sem passar por esse dissabor.

Na sequência, a equipe grená de Araraquara joga em Matão, sexta-feira, às 15 horas, contra a Matonense. Depois disso, recebe o Batatais, visita o Independente em Limeira e encerra sua participação na primeira fase jogando na Arena Fonte Luminosa, contra o São Carlos.

Praticamente classificada para a segunda fase, a Ferroviária vive a expectativa de continuar realizando uma campanha satisfatória, alcançando as fases mais agudas da Copa Paulista.




FICHA TÉCNICA DE COMERCIAL X FERROVIÁRIA

Jogo – Comercial 1 x 1 Ferroviária

Data – 28 de agosto de 2016, domingo, 16 horas
Local – Estádio Palma Travassos, em Ribeirão Preto (SP)
Finalidade – Copa Paulista, Primeira Fase
Árbitro – Cleber Luís Paulino
Renda – R$ 14.190,00
Público – 1.132 pagantes
Gol da Ferroviária – Diego Souza, 43’/1º
Gol do Comercial – Mateus Totô, 32’/2º

Comercial – João Guilherme; Ewerton, Fabão, Danilo Costa e Thiago César; Thiago Cristian (Jean Natal), Jordã, Tiago Moura (Jefinho) e Mael; Mateus Totô e Ingro (Naldinho). Técnico: Marcelo Dias

Ferroviária – Matheus; Ian, Raniele, Luan e Sávio; Fábio Souza, Kaio Fernando e Diego Souza (Renato Xavier); Wellington (Igor), Gustavo Henrique (Felipe Silva) e Elder Santana. Técnico: Antônio Picoli

Foto: Bruno Barbato / Comercial FC


(Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali)

Nenhum comentário:

Postar um comentário