terça-feira, 26 de janeiro de 2016

RETROSPECTO DE FERROVIÁRIA X ÁGUA SANTA


(No único encontro já realizado entre Locomotiva e Netuno, os afeanos ganharam dramaticamente, assinalando o gol da vitória aos 48 minutos do segundo tempo quando o empate já era dado como certo)




A Ferroviária faz sua estreia contra o Água Santa, em Diadema, sábado vindouro, às 16 horas, abrindo mais uma edição do Campeonato Paulista da Série A1, marcando o seu retorno à divisão principal do futebol bandeirante, após longa ausência de quase 20 anos.

O primeiro adversário grená, o Netuno do ABCD, tem pouco de história no futebol profissional. Grenás e alvicelestes enfrentaram-se uma única vez, e foi um duelo recente, em 11 de fevereiro de 2015, pela quarta rodada do Campeonato Paulista da Série A2.

“Ferroviária em Campo” transcreve o comentário e a ficha técnica do jogo já realizado entre esses antagonistas, constantes do livro “Ferroviária em Campo – Tricampeã do Acesso”, à página 116:


4º jogo – Ferroviária 2 x 1 Água Santa

Elder Santana
Data – 11 de fevereiro de 2015, quarta-feira, 20 horas
Local – Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Finalidade – Campeonato Paulista da Série A2
Árbitro – Philippe Lombard
Renda – R$ 12.510,00
Danilo Sacramento
Público – 905 torcedores
Gols da Ferroviária – Elder Santana, 5’/1º e Danilo Sacramento, 48’/2º
Gol do Água Santa – Francisco Alex, 8’/1º

Francisco Alex
Ferroviária – Rodolfo; Paulo Henrique, Neguete, Luan (Danilo Sacramento) e Alcides; Milton Júnior, Jairo, Marcos Vinícius (Fio) e Alan Mineiro; Elder Santana e Tiago Adan (Bruno Moraes). Técnico: Milton Mendes

Água Santa – Maurício; Alan, Rafael Tavares, Augusto e João Paulo; Carlão, Russo, Welington e Francisco Alex; Serginho e Tiago Cavalcanti. Técnico: Márcio Ribeiro


Comentário:

Locomotiva e Netuno fizeram um jogo muito movimentado, eletrizante mesmo, brindando o público presente com um futebol de boa qualidade. O triunfo grená foi dramático, acontecendo no último minuto de acréscimo. Logo aos cinco, em rápida incursão ao campo de ataque, a Ferroviária abriu a contagem através de Elder Santana, contando com a colaboração do goleiro Maurício. Mas não deu tempo para comemorar, pois aos oito o Água Santa empatou em lance parecido com o do gol afeano, através de Francisco Alex (ex-afeano). Logo depois, a Ferroviária perdeu uma oportunidade incrível para desempatar quando Milton Júnior foi servido dentro da área e preferiu fazer o passe, permitindo que a zaga conjurasse o perigo. Atuando na Arena, a Ferroviária mostrou-se sempre mais ofensiva, só que o Água Santa defendia-se bem. O jogou seguiu em alta rotação no segundo tempo. Danilo Sacramento e Bruno Moraes perderam boas ocasiões de gol, até que, ao apagar das luzes, aos 48 minutos, Danilo Sacramento finalizou com êxito e colocou a Locomotiva na frente.   


Fontes:
  

Livro “Ferroviária em Campo – Tricampeã do Acesso”

Arquivo de “Ferroviária em Campo”

Fotos: Ferroviária SA

Elaboração, transcrição e edição:  Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali

Nenhum comentário:

Postar um comentário