domingo, 3 de maio de 2015

NA FESTA DA CAMPEÃ, INVENCIBILIDADE NA ARENA FOI MANTIDA





O Guarani armou um ferrolho contra a Ferroviária e não permitiu que a festa da torcida grená fosse com a emoção maior do gol.

Mas os torcedores comemoraram com muita vibração as várias conquistas da Locomotiva no Campeonato Paulista da Série A2. Uma delas, ter permanecido invicta na Arena da Fonte, onde realizou 10 jogos, vencendo nove e empatando um.

A Ferroviária sobe, sagra-se campeã da A2 e tem presença garantida na Copa do Brasil de 2016.

O sofrimento de 19 anos de espera foi plenamente compensado pelos feitos do time em 2015.




Taça simbólica recebida pela Ferroviária após a partida, entregue pelo Presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos.
Muita vibração nessa hora.





MAIS DE 13 MIL TORCEDORES VIBRAM COM A ENTREGA DA TAÇA À FERROVIÁRIA: "É CAMPEÃ!"





JOGADORES QUE MAIS VEZES ENTRARAM EM CAMPO PARA DEFENDER A LOCOMOTIVA, NO RECÉM-FINDO CAMPEONATO PAULISTA, COM 18 JOGOS CADA:

PAULO HENRIQUE                                                     LUAN













TIAGO ADAN                                                        ELDER SANTANA














Alan Mineiro
TIAGO ADAN E ALAN MINEIRO SÃO OS PRINCIPAIS ARTILHEIROS DA FERROVIÁRIA NO PAULISTA; AMBOS MARCARAM 8 GOLS.

ELDER SANTANA ASSINALOU 4;

FIO, 3;

ALCIDES E ROBERTO, 2.

Vários outros, 1 cada.





FICHA TÉCNICA

Ferroviária 0 x 0 Guarani

Data - 02 de maio de 2015, sábado, 19 horas
Local - Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Finalidade - Campeonato Paulista da Série A2, Turno Único, última rodada
Árbitro - Júnior César Lossávaro
Renda - R$ 142.130,00
Público - 13.615 pagantes (maior público do campeonato)

Ferroviária - Rodolfo; Paulo Henrique, Patrick, Luan e Roberto; Renato Xavier, Jairo (Alan Mineiro), Milton Júnior (Bruno Moraes) e Danilo Sacramento; Tiago Adan e Fio. Técnico: Ednelson

Guarani - Neneca; Oziel, Carpini, Guilherme Garutti e Preto Costa; Coppetti, Éder Silva, Fumagalli e Fernandinho (Adalgiso Pitbull); Malaquias e Nunes. Técnico: Ademir Fonseca.

Observação - A Ferroviária alcança o acesso à Série A1, sagra-se campeã da Série A2, termina a competição invicta em seu estádio (9 vitórias e 1 empate) e garante presença na Copa do Brasil de 2016. 




Fotos: Ferroviária Em Campo


Texto e edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali

Nenhum comentário:

Postar um comentário