segunda-feira, 13 de abril de 2015

OS NÚMEROS ESTATÍSTICOS DE 65 ANOS DA FERROVIÁRIA



A velha e respeitável dama de vestes grenás e brancas chega aos 65 anos de vida, espraiando simpatia e empatia.

Pereira Lima - Fundador da Ferroviária
Há uma explicação dada por muitos esportistas sobre o fato de a agremiação araraquarense ser tão simpática aos olhos e aos corações de tanta gente: trata-se de um clube com nome feminino, Associação Ferroviária de Esportes... Ferroviária de Araraquara... Locomotiva.
Mas isso não pode ser tudo: a Ferroviária, um clube interiorano, nasceu forte e desde cedo pos-se a desafiar os grandes clubes. Uma enorme legião de esportistas passou a ver aquela agremiação ousada e destemida com grande admiração e alegria, e daí a torcer por ela foi consequência inevitável.

Não obstante estar fora da elite do futebol paulista, a Ferroviária segue sendo vista de modo favorável pelos saudosistas, pessoas que viveram mais e conhecem a história do futebol a ponto de não se esquecerem do futebol praticado pela Locomotiva grená.

Mercê da experiência adquirida ao longo de uma vida bem vivida, com sucessos e percalços, mas sempre com disposição para a luta, a Ferroviária de Araraquara ressurge para o futebol com uma temporada brilhante, enchendo de entusiasmo seus aficionados e a um passo da obtenção do acesso, praticamente já consolidado.

E quais são os números estatísticos gerais da Ferroviária nessas seis décadas e meia de tantas emoções?


O arquivo de “Ferroviária em Campo”


Primeira Formação da AFE - Revista (*) ARARAQUARA NO NACIONAL, Nº UM, 1978


A Ferroviária realizou o seu primeiro jogo no dia 13 de maio de 1951, no Estádio Municipal de Araraquara, quando enfrentou o Mogiana, de Campinas, e venceu por 3 a 1, em partida amistosa.

O último jogo disputado pelos afeanos aconteceu sábado último, na Arena Fonte Luminosa, em compromisso válido pelo Campeonato Paulista da Série A2, contra o Grêmio Novorizontino. No placar, uma goleada incontestável: 4 a 0.

Ferroviária 2015

Nesse período de 1951 a 2015, segundo o arquivo de “Ferroviária em Campo”, a Ferroviária realizou um total de 3.145 jogos. Obteve 1.256 vitórias (39,9%). Empatou 864 vezes (27,5%). Perdeu 1.025 jogos (32,6%).

Marcou 4.657 gols e sofreu 3.824, livrando um saldo de 833 tentos.


AFE Campeã da Segunda Divisão - 1955 (Que Fim Levou?)


Jogos oficiais (por campeonatos e torneios)

Jogos – 2.444
Vitórias – 901
Empates – 689
Derrotas – 854
Gols marcados – 3.195
Gols sofridos – 2.956
Saldo de gols – 239


Primeira excursão para o exterior - Embarque da Delegação da AFE - Museu da AFe


Jogos internacionais (amistosos)

Foram 49 jogos no exterior, em três excursões (1960, 1963 e 1968), e apenas cinco na Fonte Luminosa (1968, 1971, 1975, 1980 e 1988).
Jogos – 54
Vitórias – 42
Empates – 7
Derrotas – 5
Gols marcados – 164
Gols sofridos – 36
Saldo de gols – 128


Elenco da AFE 1969 - Museu da AFE


Amistosos nacionais

Os números referentes aos amistosos nacionais são parciais. “Ferroviária em Campo” segue pesquisando e incorporando novos amistosos, à medida que os vai descobrindo.
Jogos – 647
Vitórias – 313
Empates – 168
Derrotas – 166
Gols assinalados – 1.298
Gols sofridos – 832
Saldo de gols – 466


Galeria de Troféus - Museu da Ferroviária



Fonte:

Arquivo de “Ferroviária em Campo”
Pesquisa, elaboração e edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali

Nenhum comentário:

Postar um comentário