terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

SUPREMACIA GRENÁ CONTRA A MATONENSE





O confronto entre Ferroviária e Matonense registra 9 vitórias grenás, 3 empates e nenhum triunfo da equipe de Matão.

De 1987 a 2006, os clubes de futebol das cidades vizinhas enfrentaram-se em uma dúzia de oportunidades, nas quais prevaleceu a supremacia dos afeanos, inclusive por meio de diversas goleadas.

Impressiona a distinção entre o ataque da Ferroviária e o da Matonense: enquanto os afeanos assinalaram 27 gols, os  alvicelestes conseguiram marcar apenas 2 tentos.

Fundada em 24 de maio de 1976, a SEMA (Sociedade Esportiva Matonense) tem a águia como mascote e as suas cores são o azul e o branco.


Os jogos

1 – 20.09.1987 – Matonense 0 x 2 Ferroviária – Quadrangular amistoso

2 – 04.10.1987 – Ferroviária 2 x 0 Matonense – Torneio José Maria Marin

3 – 08.11.1987 – Matonense 1 x 1 Ferroviária – Torneio José Maria Marin

4 – 12.02.1989 – Matonense 1 x 1 Ferroviária – Amistoso

5 – 19.03.1992 – Matonense 0 x 0 Ferroviária – Amistoso

6 – 16.03.1997 – Ferroviária 3 x 0 Matonense – Campeonato Paulista, Série A2

7 – 05.10.2002 – Matonense 0 x 1 Ferroviária – Copa Mauro Ramos de Oliveira

8 – 10.11.2002 – Ferroviária 3 x 0 Matonense – Copa Mauro Ramos de Oliveira

9 – 31.07.2005 – Ferroviária 1 x 0 Matonense – Copa FPF

10 – 07.09.2005 – Matonense 0 x 3 Ferroviária – Copa FPF

11 – 15.02.2006 – Ferroviária 4 x 0 Matonense – Campeonato Paulista, Série A3

12 – 05.04.2006 – Matonense 0 x 6 Ferroviária – Campeonato Paulista, Série A3



Resumo

Jogos realizados – 12

Vitórias da Ferroviária – 9

Empates – 3

Derrotas da Ferroviária – 0

Gols da Ferroviária – 27

Gols da Matonense – 2

Saldo pró Ferroviária – 25



Fichas técnicas de alguns jogos entre Ferroviária e Matonense


Ferroviária 3 x 0 Matonense

Data – 16 de março de 1997, domingo (tarde)
Local – Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Finalidade – Campeonato Paulista, Série A2
Árbitro – Antônio de Pádua Salles
Renda – R$ 8.004,00
Público – 1.085 pagantes
Gols – Lê, 10’/1º; Marco Antônio, 2’ e Lê, 17’ do 2º
Ferroviária – Tuti; Ti, André, Marco Antônio e Danilo; Emerson, Celso (William) e Marquinhos (Tita); Paulo Américo (Toco), Lê e Fabinho. Técnico: Valdir Peres
SE Matonense – Paulo Sérgio; Zé Carlos, Paulo Sérgio II, Beto Médice e Camilo; Bolacha, Volnei e Cerezzo (Derci); Táxi (Adriano), Silvinho e Maranhão (Marcelinho). Técnico: Roberto Brida


Matonense 0 x 3 Ferroviária

Data – 07 de setembro de 2005, quarta-feira, 10 horas
Local – Estádio Robert Todd Locke, em Jaboticabal (SP)
Finalidade – Copa FPF/1ª fase/2º turno
Árbitro – Eduardo César Coronado Coelho
Público – 15 pagantes
Gols – Tarciano (falta), 32’ e Leônico, 42’ do 1º tempo; Bruno, 14’/2º
Matonense – Antônio Marcos; Daniel, Andrezão, Casimiro e Anderson Luiz; Kantaluppi, Cleiton, Feijão e Cristiano; Berg e Renan. Técnico: Rubens Nogueira
Ferroviária – Márcio; Bruno, Mauro e Thiago Costa; Leônico, Wanderson, Leandro Donizete, Tarciano e Stanley; Dinei e Thiago Henrique. Técnico: Toninho Moura


Ferroviária 4 x 0 Matonense

Data – 15 de fevereiro de 2006, quarta-feira, 20h30
Local – Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Finalidade – Campeonato Paulista, Série A3
Árbitro – Vinícius Furlan
Renda – R$ 2.271,00
Público – 397 pagantes
Gols – Bruno, 33’/1º; Dinei, 16’, 20’ e 36’ do 2º
Ferroviária – Márcio; Edson Rocha, Bruno (Thiago Costa) e Mauro; Max Carrasco, Wanderson, Leandro Donizete, Renato (Laerte) e Tobias; Dinei (Daniel), e Diego Isaías. Técnico: Toninho Moura
Matonense Aranha; William, Faganello, Luciano Araújo e Katito (Gilvani); Carlos Henrique, Casimiro (Carlão), Kabeçpa (Leozinho) e Deka; Berg e Vanedson. Técnico: Israel de Jesus


Matonense 0 x 6 Ferroviária

Data – 05 de abril de 2006, quarta-feira, 15 horas
Local – Est. Dr. Hudson Buck Ferreira, em Matão (SP)
Finalidade – Campeonato Paulista, Série A3
Árbitro – Eleandro Pedro da Silva
Renda – Jogo realizado com os portões fechados.
Expulsão – Fabrício (Matonense), 40’/2º
Gols – Dinei, 8’, Amílton Júnior (falta), 21’, Dinei, 24’ e Diego Isaías, 29’ do 1º; Dinei, 15’ e Bruno (falta), 22’ do 2º
Matonense – Adriano; Gilvani, Jorge Luís, Carlos Henrique e Tavares; Henrique (Wilson), Casimiro, Flavinho e Cajá (Danilo); Leandrinho (Fabrício) e Leivinha. Técnico: Elias Teixeira
Ferroviária – Márcio; Edson Rocha, Thiago Costa (Rafael Aidar) e Bruno; Amílton Júnior, Leônico (Anderson), Leandro Donizete, Renato (Roney) e Alexandre; Dinei e Diego Isaías. Técnico: Toninho Moura


Dinei, hoje no Vitória, fez muitos gols para a Ferroviária, vários deles contra a Matonense


Fontes:

- Tópicos do Passado da AFE, do Prof. Antônio Jorge Moreira
- Afenet, de Paulinho Vidal
- Wikipédia
- Arquivo pessoal

Foto: Que Fim Levou? Milton Neves (UOL)


Pesquisa, elaboração e edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali

Nenhum comentário:

Postar um comentário