quinta-feira, 6 de novembro de 2014

TRANSAÇÕES DESACONSELHADAS




O blog “Ferroviária em Campo” apresenta mais um tópico do capítulo “Acontecências”, do livro Ferroviária em Campo – Breviário Grená. É o de número 46, que se reporta ao fato de a Ferroviária ter-se dado muito bem em entendimentos mantidos com grandes clubes do nosso futebol, para transacionar atletas, nos áureos tempos que viveu, notadamente na década de 1960. Eis o conteúdo do tópico aludido:



Pio
Dudu

Nei


46 – TRANSAÇÕES DESACONSELHADAS


A Ferroviária dos anos dourados dava-se muito bem nas transações que fazia com os grandes clubes paulistas. Além de faturar muitos milhões, recebia jogadores de contrapeso, que acabavam acertando o seu futebol na Ferrinha enquanto os ex-afeanos rareavam sua inspiração na defesa dos grandes. Era tão evidente a vantagem que a AFE levava, que um colunista da imprensa paulistana teve a idéia de dar um conselho aos clubes da capital: não mais fazerem negócios com a Ferroviária. Corria o ano de 1962. Depois disso, e apenas para ficarmos em um clube de expressão, a Sociedade Esportiva Palmeiras levou para suas fileiras o volante Dudu (em 1964) e os ponteiros Pio (em 1969) e Nei (em 1972). Para sorte do futebol, o conselho do articulista não foi seguido.



ONDE ENCONTRAR O LIVRO:



 "FERROVIÁRIA EM CAMPO - BREVIÁRIO GRENÁ"

AUTOR: Vicente Henrique Baroffaldi
ISBN - 978-85-7113-555-00
PÁGINAS: 310
EDITORA: PONTES
VALOR: R$ 35,00 (Livro (30,00 ) + frete (5,00))

PEDIDOS (Para quem reside fora de Araraquara):

ferroviariaemcampo@gmail.com
vicente.baroffaldi@gmail.com
www.facebook.com/ferroviariaemcampo1
(Pagamento via depósito bancário)


LOCAIS À VENDA EM ARARAQUARA: (30,00)

BANCA CENTRAL; Av. Duque esquina com São Bento
VAMOS LER: Rua São Bento - entre Duque e Espanha



Fotos:
Ferroviária SA
Placar


Elaboração e edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali

Nenhum comentário:

Postar um comentário