domingo, 30 de novembro de 2014

FESTA NA ARENA COM AS GUERREIRAS CAMPEÃS!









Com a Arena recebendo grande público, o cerimonial de entrada em campo da equipe de arbitragem e atletas das duas agremiações contou com fogos de artifício, muitos balões de ar e grande agitação da massa torcedora. A bela execução do Hino Nacional Brasileiro foi bastante aplaudida e a expectativa estava a mil para o início da importante decisão.






O que se vê, geralmente, em decisões de campeonato, é um futebol que não corresponde aos anseios maiores das torcidas, porque os contendores objetivam, antes de tudo, a obtenção de um resultado positivo. A qualidade do futebol no mais das vezes é comprometida.

Na decisão deste domingo, na Arena, Ferroviária e Kindermann desenvolveram um futebol de qualidade, com a sucessão frequente de bons lances de ambos os lados. E como decorrência, os gols foram acontecendo, todos de bela feitura, fazendo os torcedores acompanharem com vivo interesse e boa participação, aplaudindo e se manifestando vivamente.

As Guerreiras estiveram sempre no comando do placar, marcando primeiro, sofrendo empate, marcando de novo, sofrendo novo empate, mas voltando a ter vantagem.

Foram muitos os lances de emoção, numa decisão que agradou plenamente.






Com o apito final de Édina Alves Batista, a euforia tomou conta das Garotas Grenás, com o elenco todo correndo para o centro do gramado e iniciando a merecida comemoração. Muita gente dentro do campo, e fora dele a torcida festejava bastante.
Enquanto as adversárias catarinenses iam se retirando, sob expressivos aplausos da torcida, as Guerreiras foram se encaminhando para trás do gol dos fundos, onde se armou um local para as solenidades de entrega das medalhas e troféu.

Com a presença do ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, do prefeito municipal Marcelo Barbieri, além de outras autoridades esportivas, realizou-se a cerimônia de encerramento da competição, acompanhada pelos torcedores, que permaneceram no estádio.

Enfim, uma festa para permanecer retida na memória dos esportistas de Araraquara por se tratar de uma conquista de alto significado.








Elaboração e edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali

Nenhum comentário:

Postar um comentário