terça-feira, 9 de setembro de 2014

A CAMPANHA DO VICE-CAMPEONATO PAULISTA DAS GUERREIRAS





Após levantar a Copa do Brasil de modo brilhante, as Guerreiras Grenás desenvolveram uma campanha vitoriosa também no Campeonato Paulista. Líder de seu grupo na Primeira Fase, as comandadas de Douglas Lima Onça partiram para as fases seguintes com determinação, vencendo cinco partidas seguidas antes da derrota no último jogo, em São José dos Campos.

O certame bandeirante de futebol feminino foi decidido somente no critério de desempate, uma vez que Ferroviária/Fundesport e São José mostraram-se iguais nos dois jogos finais. As grenás de Araraquara ganharam na Arena por 2 a 0, enquanto que as celestes de São José dos Campos venceram no Martins Pereira pela mesma contagem.

O que dá méritos às joseenses é o fato de que, na Primeira Fase da competição elas somaram 30 pontos em 10 jogos, ou seja, 100% de aproveitamento, ao tempo em que as garotas da agremiação araraquarense ficaram nos 21 pontos ganhos.

O Campeonato Brasileiro, a se iniciar para Ferroviária e São José nesta quarta-feira, às 15h30, na Arena Fonte Luminosa, pode desempatar a disputa paralela que ambas as equipes fazem nesta temporada. Por ora, a Ferroviária tem um título de campeã (da Copa do Brasil) e um de vice-campeã (do Campeonato Paulista), enquanto o São José tem um título de campeão (do Campeonato Paulista) e um de vice-campeão (da Copa do Brasil).

Embora bastante desfalcadas por terem muitas atletas servindo à Seleção Brasileira, as representações da Ferroviária e do São José entram em nova competição de caráter nacional com amplas possibilidades de fazerem boas campanhas.



O que fizeram as Guerreiras no Campeonato Paulista

As Guerreiras Grenás realizaram 16 jogos pelo Paulista. Ganharam 11, empataram 3 e perderam 2.

O ataque assinalou 42 gols e a defesa foi superada em 10 ocasiões. O saldo de 32 tentos foi bem elevado, com 5 goleadas no ativo.


Artilharia

Paula
Rafaela Travalão

Na Copa do Brasil, as Guerreiras tiveram duas artilheiras com 9 gols cada: Adriane Nenê e Ludmila. Já no Campeonato Paulista, duas outras atletas ficaram na ponta da artilharia: Paula e Rafaela Travalão, com 6 gols cada.

Adriane Nenê e Maurine marcaram 5 tentos cada; Raquel, 4; Dioneide, Daiane e Nayarah, 3; Tayla, 2; Tábatha, Mônica, Isabela, Marina e Rafaela Pereira, um gol cada.





Todos os jogos das Guerreiras (com as autoras dos gols grenás)

1 – Rio Preto 2 x 2 Ferroviária – Maurine (2)
2 – Ferroviária 3 x 1 Francana – Paula, Raquel e Rafaela Travalão
3 – XV de Piracicaba 0 x 0 Ferroviária
4 – Ferroviária 6 x 0 América São Manuel – Maurine, Raquel, Dioneide, Adriane Nenê, Tayla e Paula
5 – ABD Botucatu 0 x 8 Ferroviária – Paula (2), Daiane (2), Raquel (2), Dioneide e Rafaela Travalão
6 – Ferroviária 1 x 0 Rio Preto – Maurine
7 – Francana 0 x 4 Ferroviária – Maurine, Rafaela Travalão, Adriane Nenê e Paula
8 – Ferroviária 0 x 1 XV de Piracicaba
9 – América São Manuel 1 x 1 Ferroviária – Tayla
10 – Ferroviária 7 x 1 ABD Botucatu – Dioneide, Nayarah (3), Rafaela Pereira, Daiane e Isabela
11 – Taubaté 1 x 2 Ferroviária – Marina e Tábatha
12 – Ferroviária 1 x 0 Taubaté – Mônica
13 – Rio Preto 1 x 2 Ferroviária – Rafaela Travalão e Paula
14 – Ferroviária 3 x 0 Rio Preto – Rafaela Travalão (2) e Adriane Nenê
15 – Ferroviária 2 x 0 São José – Adriane Nenê (2)
16 – São José 2 x 0 Ferroviária

Observação – Antes do último jogo, quando não conseguiu a feitura de nenhum gol, a Ferroviária/Fundesport não assinalou tentos em apenas dois jogos, ambos contra o XV de Piracicaba, que se mostrou um adversário difícil e que permaneceu invicto contra as grenás, empatando um jogo e ganhando o outro.




Não é penta, mas segue sendo a primeira em títulos paulistas

A Ferroviária não conseguiu o seu objetivo maior, de chegar ao pentacampeonato paulista, mas segue sendo a primeira agremiação em títulos levantados no futebol bandeirante, com quatro conquistas.

Não há tempo para folgas, pois um novo campeonato se inicia já nesta quarta-feira, na Arena Fonte Luminosa, com as Guerreiras recebendo a sua maior rival, representada pelo São José.





Fontes:

Sites oficiais da FPF e da CBF; e acervo pessoal.

Fotos -  Facebook D. Onça (1)/ Ferroviária em Campo

Pesquisa, elaboração e edição – Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali



Nenhum comentário:

Postar um comentário