segunda-feira, 3 de março de 2014

LOCOMOTIVA, ANO XLVI (1996)

Ferroviária 1996. Em pé: Dr Waldemar Paschoalino - Adriano - Tião Scarpino - Ricardo Dias - Toninho - Luciano Lamoglia e Luiz Bustamante. Agacahados: Juari - Romildo - Otávio Augusto - César Mineiro - Gilmar e Celso (Ferroviariadeararaquara.com.br)


O pior ano da história da Ferroviária. Apenas uma vitória em 30 jogos disputados pelo Paulistão. Vinte derrotas e mais 9 empates. Uma marca escandalosa de 71 gols sofridos contra somente 27 assinalados.

Otávio Augusto, o artilheiro, chegou aos 6 gols em todo o certame.

Foi a última vez que a Ferrinha frequentou a elite do futebol de São Paulo. Um ano para relembrar com uma única finalidade: fazer de tudo para que nunca mais se registre tão sofrível participação.

A Locomotiva caiu de divisão, ficando em último lugar e não tendo como reclamar do rebaixamento, merecido por inteiro.

Três técnicos conheceram o dissabor de dirigir o time: Vail, Carrasco e Clérice.


Ferroviária no Campeonato Paulista da Série A1/1996

Obs.: No dia 21 de janeiro de 1996, a Ferroviária empatou com a Portuguesa (0 a 0), perdendo nos escanteios por 1 a 0, em jogo de curta duração válido pelo Torneio Início do Paulistão.

1 – 28.01.96 – Palmeiras 6 x 1 AFE – Ricardo Dias

2 – 31.01.96 – AFE 0 x 0 Botafogo

3 – 04.02.96 – Araçatuba 2 x 0 AFE

4 – 07.02.96 – AFE 1 x 1 Rio Branco – Gilmar

5 – 11.02.96 – XV de Jaú 4 x 3 AFE – Vladimir, Paulinho Oliveira e Serginho

6 – 17.02.96 – AFE 0 x 3 Santos

7 – 25.02.96 – Guarani 1 x 0 AFE

8 – 02.03.96 – AFE 1 x 2 América – Otávio Augusto

9 – 06.03.96 – AFE 2 x 0 Mogi Mirim – Ricardo Dias (2)

10 – 10.03.96 – Portuguesa 1 x 0 AFE

11 – 14.03.96 – AFE 1 x 1 São Paulo – Juari

12 – 17.03.96 – Corinthians 2 x 0 AFE

13 – 20.03.96 – AFE 3 x 3 Novorizontino – Otávio Augusto, Juari e Rogério Seves

14 – 24.03.96 – União São João 1 x 0 AFE

15 – 31.03.96 – AFE 1 x 1 Juventus – Otávio Augusto

16 – 06.04.96 – AFE 1 x 5 Palmeiras – Juari

17 – 10.04.96 – Botafogo 2 x 1 AFE – Gilmar

18 – 14.04.96 – AFE 1 x 1 Araçatuba – Romildo

19 – 17.04.96 – Rio Branco 3 x 0 AFE

20 – 21.04.96 – AFE 0 x 3 XV de Jaú

21 – 28.04.96 – Santos 6 x 2 AFE – Marco Antônio e Otávio Augusto

22 – 01.05.96 – AFE 1 x 2 Guarani – Otávio Augusto

23 – 04.05.96 – América 2 x 2 AFE – Fernando e Anderson

24 – 08.05.96 – Mogi Mirim 2 x 0 AFE

25 – 11.05.96 – AFE 0 x 3 Portuguesa

26 – 15.05.96 – São Paulo 2 x 0 AFE

27 – 18.05.96 – AFE 2 x 2 Corinthians – Otávio Augusto e Juari

28 – 26.05.96 – Novorizontino 4 x 0 AFE

29 – 02.06.96 – AFE 1 x 3 União São João - Anderson

30 – 05.06.96 – Juventus 3 x 3 AFE – Anderson (2) e Bill



Os números da Ferroviária no Paulistão de  1996

Classif.
PG
J
V
E
D
GP
GC
SG
16º
12
30
1
9
20
27
71
-44


Artilheiros grenás em 1996, no Paulistão:

Otávio Augusto
1º - Otávio Augusto, 6 gols;

2º - Juari e Anderson, 4

4º - Ricardo Dias, 3

5º - Gilmar, 2

6º - Vladimir, Paulinho Oliveira, Serginho, Rogério Seves, Romildo, Marco Antônio, Fernando e Bill, 1


Campanha por turno

Turno
PG
J
V
E
D
GP
GC
SG
8
15
1
5
9
13
28
-15
4
15
0
4
11
14
43
-29
Geral
12
30
1
9
20
27
71
-44



Técnicos da AFE no Paulistão/96:

Vail Mota: 4 jogos




Wilson Carrasco: 10 jogos



Sérgio Clérice: 16 jogos




Todos os jogadores que “naufragaram” com a Ferroviária em 1996:

Paulo Sérgio, Tião, Tuti, Jorge Luiz, Celso, Bobô, Ti, Vladimir, Toninho, Paulinho Oliveira, Adriano, Marco Antônio, Rogério Seves, Rogério Cecap, Ricardo Dias, Dedé, Borçato, Reginaldo, Luciano Lamoglia, Romildo, Tita, Bill, Gilmar, Fernando, Anderson, Volnei, Flores, César, Kung, Otávio Augusto, Serginho, Luís Carlos, Zé Cláudio, Juari e Silmar.



Algumas fichas técnicas:


Estreia que já anunciava a “catástrofe”:

Jogo – Palmeiras 6 x 1 Ferroviária

Data – 28 de janeiro de 1996, domingo à tarde
Local – Parque Antarctica, em São Paulo (SP)
Djalminha
Árbitro – Carlos Eugênio  Simon (RS)
Renda – R$ 132.573,00
Público – 11.845 pagantes
Expulsão – Adriano (AFE)
Gols Palmeiras – Luizão (2), Djalminha (2), Muller e Paulo Isidoro
Gol AFE – Ricardo Dias

Palmeiras – Veloso; Cafu, Sandro, Cléber e Júnior; Galeano, Amaral, Djalminha (Paulo Isidoro) e Elivelton (Tonhão); Luizão e Muller (Magrão). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Ferroviária – Paulo Sérgio; Vladimir, Toninho e Adriano; Celso (Vôlnei), Ricardo Dias, Tita, Gilmar e Rogério Seves (Fernando); Otávio Augusto e Zé Cláudio (Juari). Técnico: Vail Mota


A única vitória da Ferroviária no Campeonato:

Jogo – Ferroviária 2 x 0 Mogi Mirim

Data – 6 de março de 1996, quarta-feira à noite
Local – Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Ricardo Dias
Áribtro – Alfredo Santos Loebeling
Renda – R$ 2.220,00
Público – 261 pagantes
Gols – Ricardo Dias (2)

Ferroviária – Tião; Jorge Luiz, Vladimir, Paulinho Oliveira e Dedé; Ricardo Dias, Toninho (Luís Carlos), Borçato e Gilmar; Otávio Augusto e Juari (Flores). Técnico: Wilson Carrasco

Mogi Mirim – Aílton Cruz; Capone, Paulão e Marcelo Batatais; Pedro Aruba, Ricardo Lima (Valdo), Rodrigo, Moreno (Samuel) e Dutra; Leto e Cléber. Técnico: José Carlos Serrão


Empate honroso com o SPFC:

Jogo – Ferroviária 1 x 1 São Paulo

Data – 14 de março de 1996, quinta-feira à noite
Local – Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Árbitro – Carlos Eugênio Simon (RS)
Juari
Expulsão – Gilmar (AFE)
Renda – R$ 27.435,00
Público – 3.041 pagantes
Gol AFE – Juari
Gol SP – Edmilson

Ferroviária – Tião; Jorge Luiz (Celso), Vladimir, Adriano e Vôlnei; Toninho, Ricardo Dias, Borçato e Gilmar; Otávio Augusto (César) e Juari. Técnico: Wilson Carrasco

São Paulo – Zetti; Vitor, Gilmar, Bordon e Guilherme; Capixaba (Edmilson), Donizetti, Sandoval (França) e Aílton; Almir e Valdir. Técnico: Muricy Ramalho


Nova goleada para o Palmeiras:

Time do Verdão entra em campo no último duelo contra a Ferroviária na Fonte Luminosa, em 1996. Foto: Tetê Viviani

Jogo – Ferroviária 1 x 5 Palmeiras

Data – 6 de abril de 1996, sábado à tarde
Rivaldo
Local – Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Árbitro – João Paulo Araújo
Renda – R$ 92.819,00
Público – 6.709 pagantes e 1.459 menores
Gol AFE – Juari
Gols Palmeiras – Luizão (2), Rivaldo (2) e Gustavo

Ferroviária – Tião; Celso, Vladimir (Paulinho Oliveira), Adriano e Rogério Seves (Jorge Luiz); Ricardo Dias, Serginho (Otávio Augusto), César e Romildo; Juari e Gilmar. Técnico: Sérgio Clérice


Palmeiras – Veloso; Gustavo, Sandro, Cléber (Cláudio) e Júnior (Elivelton); Flávio, Amaral, Djalminha (Alex Alves) e Rivaldo; Muller e Luizão. Técnico: Vanderlei Luxemburgo



Esfrega no “Alçapão” da Vila:

Jogo – Santos 6 x 2 Ferroviária

Data – 28 de abril de 1996, domingo à tarde
Giovanni
Local – Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro – Marcos Fábio Spironelli
Expulsão – Adriano (AFE)
Renda – R$ 42.065,00
Público – 5.470 pagantes
Gols Santos – Sandro, Robert, Marcelo Passos e Giovanni (3)
Gols AFE – Marco Antônio e Otávio Augusto

Santos – Gilberto; Cláudio, Sandro, Narciso (Ronaldo) e Marcos Adriano; Gallo, Baiano, Marcelo Passos (Marcus Paulo) e Robert; Macedo (Camanducaia) e Giovanni. Técnico: Orlando Amarelo

Ferroviária – Paulo Sérgio; Celso (Otávio Augusto), Marco Antônio, Adriano e Bobô; Toninho, Vôlnei (Serginho), Ricardo Dias e Kung (Luís Carlos); Anderson e Juari. Técnico: Sérgio Clérice


Empate com o Timão:

Jogo – Ferroviária 2 x 2 Corinthians

Data – 18 de maio de 1996, sábado à tarde
Local – Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Árbitro – Paulo José Danelon
Otávio Augusto
Renda – R$ 11.530,00
Público – 1.383 pagantes
Gols AFE – Otávio Augusto e Juari
Gols Corinthians – Tupãzinho (2)

Ferroviária – Tião; Bobô, Toninho, Adriano e Rogério Seves; Ricardo Dias, Reginaldo, Fernando e Anderson (Vôlnei); Otávio Augusto e Juari. Técnico: Sérgio Clérice

Corinthians – Ronaldo; Cris, Célio Silva (Marquinhos), Henrique e Carlos Roberto; Júlio César, Marcelinho Paulista e Ricardo Mendes (João Paulo); Tupãzinho, Marcelinho Carioca e Robson (Glauber).


Fontes:

O Caminho da Bola, de Rubens Ribeiro – FPF;
Tópicos do Passado da AFE, do Prof. Antônio Jorge Moreira;
Revista Placar;
Acervo folha;
Arquivo pessoal.
Fotos: Jogadores  e técnicos - Internet

Elaboração e edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali

Nenhum comentário:

Postar um comentário