sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

FERROVIÁRIA X SANTO ANDRÉ


O DUELO DA AFE COM O RAMALHÃO

(12 x 10)

O Esporte Clube Santo André, de alcunha Ramalhão, foi fundado no dia 10 de janeiro de 1974. Teve como principal conquista a Copa do Brasil de 2004, feito que lhe garantiu participação na Copa Libertadores de 2005, onde foi desclassificado logo na fase de grupos, mas não sem antes estabelecer a maior goleada da competição, quando fez 6 a 0 no Deportivo Táchira, da Venezuela. Em 2010, o alviceleste empreendeu aquela que foi considerada a sua melhor campanha, sagrando-se vice-campeão paulista, ao disputar o título máximo com o Santos FC. Perdeu o primeiro jogo por 2 a 3, mas retribuiu o mesmo placar ao alvinegro das praias, que se tornou campeão por ter desenvolvido melhor campanha.

O Santo André manda seus jogos no estádio Bruno José Daniel, com capacidade para 7 mil pessoas.

Foi um adversário desse porte que a Associação Ferroviária de Esportes enfrentou pela última vez no dia 31 de março de 2013, um domingo, em sua casa (a Arena Fonte Luminosa), num momento crítico e decisivo de sua participação no Campeonato Paulista da Série A2, quando somente a vitória a deixaria com chances de não ser rebaixada, dependendo ainda de percalços de Grêmio Barueri e São Carlos, ou de um desses dois e mais do Noroeste. Felizmente, tudo saiu como precisava... e a Ferrinha escapou já nos instantes finais do campeonato.

Até o momento, o confronto entre AFE e Ramalhão mostra um equilíbrio marcante. O que mais aconteceu nesse duelo foi empate: 13 vezes. A Ferrinha tem 12 vitórias e o Santo André, 10. Nos últimos sete encontros, foram seis vitórias do Santo André; no derradeiro jogo, no ano passado, a vitória afeana foi salvadora e a livrou do rebaixamento.

De 1982 a 1994, AFE e Santo André só jogaram pela Divisão Especial (Série A1) do Campeonato Paulista. A Ferrinha quase sempre ganhou. Foram sete vitórias contra apenas duas do oponente.

A partir de 1997, e até 2013, Locomotiva e Ramalhão enfrentaram-se pela A2, quando então quase só deu Santo André: 5 a 1 em matéria de vitórias.

Isso comprova o declínio histórico da Ferroviária com o correr do tempo.
No geral, a AFE tem duas vitórias a mais. Em jogos oficiais de competição, valendo por campeonatos ou torneios, o placar é de 11 a 10 para a Locomotiva. Equilíbrio marcante, num confronto que até 1994 registrou a supremacia afeana, e que após isso evidenciou a superioridade do time azul e branco de Santo André. O Ramalhão mostrou maior eficiência no ataque, assinalando sete gols a mais que a Ferroviária.

Anotando quatro tentos em um mesmo jogo, no dia 6 de outubro de 1982, Zé Roberto é o artilheiro principal da AFE nos encontros com o Santo André.



TODOS OS JOGOS

Nº de ordem – Data – Jogo – Competição – Artilheiros da Ferroviária

1 – 25.05. 75 – Santo André 0 x 0 AFE – Amistoso

2 – 20.03. 82 – AFE 1 x 0 Santo André – Torneio Seletivo – Marco Antônio

3 – 13.04. 82 – Santo André 3 x 1 AFE – Torneio Seletivo – Dodô (contra)

4 – 28.07.82 – Santo André 1 x 0 AFE – Campeonato Paulista

5 – 06.10.82 – AFE 4 x 0 Santo André – Camp. Paulista – Zé Roberto (4)

6 – 29.06.83 – AFE 1 x 0 Santo André – Camp. Paulista – Mirandinha (pênalti)

7 – 06.11.83 – Santo André 1 x 1 AFE – Camp. Paulista – Marco Antônio

8 – 16.09.84 – AFE 1 x 1 Santo André – Camp. Paulista – Douglas Onça

9 – 07.11.84 – Santo André 2 x 2 AFE – Campeonato Paulista – Ronaldo e Miltinho

10 – 14.07.85 – AFE 1 x 0 Santo André – Camp. Paulista – Mauro Pastor

11 – 06.10.85 – Santo André 1 x 2 AFE – Campeonato Paulista – Élcio (contra) e Serginho Dourado

       - 16.02.86 – Santo André 0 x 0 AFE – Torneio-Início do Camp. Paulista

12 – 09.03.86 – Santo André 1 x 1 AFE – Campeonato Paulista – Sídnei

13 – 27.07.86 – AFE 0 x 0 Santo André – Campeonato Paulista

14 – 25.03.87 – AFE 1 x 0 Santo André – Campeonato Paulista – Jones

15 – 26.07.87 – Santo André 5 x 0 AFE – Campeonato Paulista

16 – 29.05.88 – AFE 4 x 4 Santo André – Campeonato Paulista – Marcão, Donato e Betão (2)

17 – 19.02.89 – Santo André 1 x 1 AFE – Campeonato Paulista – Donato

18 – 01.04.90 – Santo André 1 x 2 AFE – Campeonato Paulista – Vonei e Walace

19 – 14.03.93 – Santo André 1 x 1 AFE – Campeonato Paulista – Moisés

20 – 09.05.93 – AFE 0 x 0 Santo André – Campeonato Paulista

21 – 20.02.94 – AFE 1 x 0 Santo André – Campeonato Paulista – Marquinhos Capixaba (falta)

22 – 24.04.94 – Santo André 1 x 1 AFE – Campeonato Paulista – Pedrinho

23 – 03.09.94 – AFE 1 x 0 Santo André – Amistoso – Luciano Oliveira

24 – 11.05.97 – AFE 3 x 3 Santo André – Campeonato Paulista/A2 – Antônio Carlos e Maicon (2)

25 – 15.06.97 – Santo André 3 x 0 AFE – Campeonato Paulista/A2

26 – 08.09.02 – Santo André 0 x 2 AFE – Campeonato Brasileiro/Série C – Marcos Alemão e Giba

27 – 15.09.02 – AFE 0 x 0 Santo André – Campeonato Brasileiro/Série C

28 – 17.11.02 – AFE 2 x 1 Santo André – Copa Mauro Ramos de Oliveira (atual Copa Paulista) – Rodrigo Dias e Giba

Laertinho
29 – 23.11.02 – Santo André 2 x 0 AFE – Copa Mauro Ramos de Oliveira (atual Copa Paulista)

30 – 09.07.03 – Santo André 5 x 1 AFE – Copa Estado de São Paulo (atual Copa Paulista) – Danilo

31 – 20.02.08 – Santo André 3 x 1 AFE – Campeonato Paulista/Série A2 – Laerte

Marcel
32 – 19.04.08 – AFE 1 x 2 Santo André – Campeonato Paulista/Série A2 – Marcel

33 – 26.04.08 – Santo André 2 x 1 AFE – Campeonato Paulista/série A2 – Marcel

34 – 17.03.12 – Santo André 2 x 0 AFE – Campeonato Paulista/Série A2

35 – 31.03.13 – Ferroviária 1 x 0 Santo André – Campeonato Paulista/Série A2 – Jônatas Obina


31/03/13 - Ferroviária 1 x 0 Santo André



Retrospecto – Ferroviária x Santo André


Competições................................................
J
V
E
D
GP
GC
SG
Campeonato Paulista – Série A1
19
7
10
2
24
20
4
Campeonato Paulista – Série A2
7
1
1
5
7
15
-8
Campeonato Brasileiro – Série C
2
1
1
0
2
0
2
Copa Paulista
3
1
0
2
3
8
-5
Torneio Seletivo
2
1
0
1
2
3
-1
Amistosos
2
1
1
0
1
0
1
T O T A L
35
12
13
10
39
46
-7


Súmulas de alguns jogos

O primeiro encontro:

Jogo: Santo André 0 x 0 Ferroviária

Data: 25 de maio de 1975, domingo (tarde)
Local: Santo André (SP)
Finalidade: Amistoso
Árbitro: Élvio de Almeida (Liga local)
Renda: Cr$ 7.000,00
Santo André: Ronaldo; Roberto, Rodolfo, Luís Augusto e Boró (Tanaka); Flávio e Tulica; Fernandinho, Celso, Vicente e Rômulo
AFE: Lula; Marinho, Mauro, Ticão (Sérgio Miranda) e Zé Carlos (Nelson); Helinho (Pedro Paulo) e Laerte (João Carlos); Vagner, Palhares, Reinaldo (Tite) e Antônio Carlos. Técnico: Vail Mota


A maior goleada da Ferroviária:

Jogo: Ferroviária 4 x 0 Santo André

Data: 6 de outubro de 1982, quarta-feira (noite)
Local: Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Finalidade: Campeonato Paulista/2º turno
Árbitro: José de Assis Aragão
Renda: Cr$ 522.500,00
Público: 1.689 pagantes
Gols: Zé Roberto (4), aos 15’, 38’ e 45’ do 1º tempo; e aos 4’ do 2º
AFE: Luís Fernando; Marinho Paranaense, Fernando, Pinheirense (Hermínio) e Divino; Wilson, Douglas Onça e Zé Roberto; Claudinho, Marcão e Bozó (Jorginho). Técnico: Diéde Lameiro
Santo André: Tonho; Agnaldo, João Carlos, Neto e Ricardo; Toninho Vieira, Arnaldo e Freitas (Vaguinho); Zezinho, Carlos Alberto e Rubens. Técnico: Jair Picerni


Uma vitória grená em campo neutro:

Jogo: Santo André 1 x 2 Ferroviária

Data: 6 de outubro de 1985, domingo (tarde)
Local: Estádio Municipal de Mauá (SP)
Finalidade: Campeonato Paulista/2º turno
Árbitro: Ivo José da Costa Júnior
Renda: Cr$ 13.490.000,00
Público: 1.349 pagantes e 152 menores
Expulsões: Márcio Fernandes (Santo André) e Paulo Martins (AFE)
Gol Santo André: Ataliba, 20’/2º
Gols AFE: Élcio (contra), 29’ e Serginho Dourado, 32’ do 2º
Santo André: Paulo; Bruno, Marcos, Neto e Gilberto; Élcio, Celso e Rotta; Ataliba, Jair Soares e Márcio Fernandes. Técnico: José Poy
AFE: Rodolfo; Balu, Mauro Pastor, Marco Antônio e Nonoca; Paulo Martins, Cardim (Serginho Dourado) e Wilson Carrasco; Botelho, Marcão e Nenê. Técnico: Bazzani


A maior goleada do Santo André:

Jogo: Santo André 5 x 0 Ferroviária

Data: 26 de julho de 1987, domingo (tarde)
Local: Estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP)
Finalidade: Campeonato Paulista/2º turno
Árbitro: José Carlos Gomes Nascimento
Renda: Cz$ 131.490,00
Público: 1.998 pagantes e 407 menores
Gols: Dicão, 18’/1º; Dicão (pênalti), 4’, Jaiminho, 11’, Dicão, 15’ e Agnaldo, 18’ do 2º
Santo André: Tonho; Rinaldo, Luís Pereira (Marcos), Davi e Wladimir; Luiz Antônio, Humberto e Jaiminho (Rota); Agnaldo, Dicão e Mané
AFE: Washington; Nenê, Edmilson, Dama e Nonoca; Élvio, Rubens Feijão e Donato (Noronha); Américo, Toninho e Valdecir. Técnico: Sérgio Clérice


Na Fonte, um empate com  oito gols:

Jogo: Ferroviária 4 x 4 Santo André

Data: 29 de maio de 1988, domingo (tarde)
Local: Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Finalidade: Campeonato Paulista
Árbitro: Ivo José da Costa
Renda: Cz$ 99.600,00
Público: 332 pagantes e 37 menores
Expulsão: Betão (AFE)
Gols AFE: Marcão, 5’, Donato, 8’ e Betão, 40’ e 45’ do 1º
Gols Santo André: Luís Pereira, 39’ do 1º; Gaúcho, 4’ (de pênalti) e 28’, e Valdir, 39’, do 2º
AFE: Pavão; Walace, Nenê Cardoso, Léo e Nonoca; Donato, Betão e Meínha; Toquinho, Marcão e Silvano (Wilsinho). Técnico: Sérgio Clérice
Santo André: Tonho; Ronaldo, Luís Pereira, Paulo (Adilson) e Claudinho; Gérson, Catanoce e Luís Antônio; Eduardo, Gaúcho e Valdir Dias. Técnico: Mauro
Nota: A AFE estabeleceu 4 a 1 no primeiro tempo e depois cedeu o empate.


Um triunfo afeano no Bruno José Daniel:

Jogo: Santo André 1 x 2 Ferroviária

Data: 1 de abril de 1990, domingo (tarde)
Local: Estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP)
Finalidade: Campeonato Paulista/2º turno
Árbitro: Ilton José da Costa
Renda: Cr$ 124.300,00
Público: 1.095 pagantes e 101 menores e 16 mulheres
Gols AFE: Vonei, 23’/1º e Walace, 8’/2º
Gol Santo André: Preta, 40’/1º
Santo André: Tonho; Agnaldo, Luciano, Servílio e Donizeti; Luís Antônio, Preta e Rizza; Adilson, Ivan e Serginho (Betão)
AFE: Narciso; Walace, Olavo, Alexandre e China; Helinho, Donato (Hamilton) e Celinho; Vanderlei, Vonei (Paulinho Taiúva) e Adil. Técnico: Vail Mota


Um empate com muitos gols:

Jogo: Ferroviária 3 x 3 Santo André

Data: 11 de maio de 1997, domingo (tarde)
Local: Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Finalidade: Campeonato Paulista/Série A2
Árbitro: Silas Santana
Renda: R$ 3.495,00
Público: 733 pagantes
Gols AFE: Antônio Carlos, 19’ e Maicon, 41’ do 1º; e Maicon, 42’ do 2º
Gols Santo André: Cilinho, 24’ do 1º; Dalton, 8’ e Alexandre, 47’ do 2º
AFE: Tuti; Ti, Lino, André e Toco; Emerson, Celso, Maicon e Tita (Wilson Carrasco); Fabinho (Lê) e Antônio Carlos (William). Técnico: Valdir Peres
Santo André: Maisena; Cipó (Calazans), Agnaldo, Serginho (Dalton) e Sérgio Baresi; Roberto Ramos, Bigu e Nenê (Alexandre); Ivan, Essinho e Cilinho. Técnico: Tata


Pelo Brasileiro da Série C, uma vitória fora de casa:

Jogo: Santo André 0 x 2 Ferroviária

Data: 8 de setembro de 2002, domingo, 16 horas
Local: Estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP)
Finalidade: Campeonato Brasileiro, Série C
Árbitro: Sílvio Spínola Fagundes Filho
Gols: Marcos Alemão, 5’/1º e Giba, 26’/2º
Santo André: Adilson; Neno, Júnior Maranhão, Alex e Rogerinho; Bob, Marcelo Lopes (Wesley Brasília), Deni (Ivanzinho) e Jorginho; Negretti (Fábio Reis) e Isaías. Técnico: Tata
AFE: Luiz Henrique; Jairo (Lucas Polito), Otacílio, Marcel e Marquinhos; Rodrigo Bido, Luizão, Calazans (Anderson) e Rodney; Lei e Marcos Alemão (Giba). Técnico: Zé Humberto


O penúltimo encontro:

Jogo: Santo André 2 x 0 Ferroviária

Data: 17 de março de 2012, sábado, 15 horas
Local: Estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP)
Finalidade: Campeonato Paulista, Série A2
Árbitro: Luciano Monteiro dos Santos
Expulsão: Asprilla (Santo André), aos 22’/1º
Público e Renda: (Portões fechados)
Gols: Arthur, 2’/1º e Júnior Paulista, 10’/2º
Obs.: No lance anterior ao do segundo gol do Santo André, Fábio Santos foi derrubado na área; ele mesmo cobrou o pênalti e Everton espalmou para escanteio. Cobrado o tiro de canto, Júnior Paulista subiu livre e fez o gol.
Santo André: Luiz Gustavo; Rodrigo, Júnior Paulista, Asprilla e Artur (André Luiz); Batata, Fabrício (Renato Dias), Juninho e Djalma (Luís Paulo); Fábio Santos e Raul. Técnico: Ruy Scarpino (ex-jogador da AFE)
AFE: Everton; Lucas Silva (Welington Amorim), Rafael Dias, Daniel Melo (Robson) e Alex Cazumba; Júlio César, Wanderson, Felipe Blau e Tatuí (Daniel); Fabrício Carvalho e Jobinho. Técnico: Ito Roque


A vitória da salvação:

31/03/13 - Ferroviária 1 x 0 Santo André

Jogo – Ferroviária 1 x 0 Santo André

Data – 31 de março de 2013, domingo, 10 horas
Local – Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Finalidade – Campeonato Paulista/Série A2
Árbitro – Maurício Antônio Fioretti
Renda – R$ 12.000,00
Público – 1.001 pagantes
Gol – Jônatas Obina, 7’/2º
Ferroviária – Everton; Mário, Neguete, Vinícius Golas e Léo Carvalho; Renan, Nildo e Jérson (Jônatas Obina); Romarinho (Fabinho), Wellington Amorim (Di Fábio) e Ney Mineiro. Técnico: Jorge Saran
Santo André – Rodrigo Viana; Rodrigo, Júnior Paulista, Walter e George; Rogério, Elielton, Juninho (Alexandre) e Danilo (Willian); Bruno Paulo e Fábio Santos. Técnico: Dedimar

31/03/13 - Ferroviária 1 x 0 Santo André


Fontes:

- Tópicos do Passado da AFE – Professor Antônio Jorge Moreira – Museu do Futebol e Esportes de Araraquara (Arena Fonte Luminosa)
- O Caminho da Bola – Rubens Ribeiro – Gráfica da Federação Paulista de Futebol
- RSSSF Brasil
- Placar
- O Imparcial (Araraquara)
- Wikipédia
- Arquivo pessoal

- Edição: Paulo Luís Micali

- Pesquisa e elaboração: Vicente Henrique Baroffaldi

Nenhum comentário:

Postar um comentário