quinta-feira, 28 de novembro de 2013

DOUGLAS ONÇA NO SPORT

Em pé: Orlando, Valdir Carioca, Detti, Gassem, Betão e Paulo César Borges. Agachados: Zé Guimarães, Luis Carlos (jogou depois pelo Santos), Angelo, Douglas Onça e Bozó. (Que Fim Levou? / Ferroviária de Araraquara)

O ano de 1985 marcou a presença de dois ex-afeanos no Sport Club do Recife: Douglas Onça e Bozó. Este, em 28 jogos assinalou dois gols, atuando pela ponta-esquerda. Jogava também pelo Leão o centroavante Milton Cruz, atualmente integrando a Comissão Técnica do SPFC. Carlos Alberto Silva, que também dirigiu a Ferroviária, era o técnico do rubronegro nordestino.
O camisa 10, Douglas Onça, exibiu o seu futebol técnico e de muita categoria em 41 jogos, consignando 7 gols. Foram 27 vitórias, 9 empates e apenas 5 derrotas. O Sport marcou 71 tentos, sofreu 25, tendo um saldo muito favorável de 46.
As partidas valeram pelo Campeonato Brasileiro (23), Campeonato Pernambucano (14) e amistosos interestaduais (4).
Os sete gols de Douglas Onça aconteceram nos jogos:
1 – 20.03.1985 – Sampaio Corrêa (MA) 2 x 4 Sport2 gols
2 – 03.04.1985 – ABC (RN) 1 x 3 Sport1 gol
3 – 21.04.1985 – Sport 2 x 0 Mixto (MT)1 gol
4 – 19.05.1985 – Sete de Setembro (PE) 0 x 1 Sport1 gol
5 – 29.05.1985 – Sport 4 x 0 América (PE)1 gol
6 – 17.07.1985 – Sport 3 x 1 Corinthians (SP)1 gol

A vitória mais importante e de maior repercussão aconteceu no dia 17 de julho de 1985, na Ilha do Retiro, em jogo válido pelo Brasileirão: 3 a 1 pra cima do Corinthians. Douglas Onça marcou um gol, o mesmo acontecendo com Bozó. 

Ficha técnica dos sete jogos nos quais Douglas Onça assinalou gol(s):
Jogo – Sampaio Corrêa (MA) 2 x 4 Sport
Data – 20 de março de 1985
Local – Castelão, em São Luís (MA)
Finalidade – Campeonato Brasileiro, 1ª Divisão, 1ª Fase
Árbitro – Gonbaldo Matos
Renda – Cr$ 12.336.000,00
Público – 3.615
Gols do Sport – Douglas Onça (2), Euzébio e Milton Lima
Sport – Paulo César Borges, Betão, Déti, Valdir Carioca, Luisinho (Milton Lima), Cléber, Rommel, Douglas Onça, Zé Guimarães (Gil), Euzébio e Joãozinho. Técnico: Carlos Alberto Silva 

Jogo – ABC (RN) 1 x 3 Sport
Data – 03 de abril de 1985
Local – Castelão, em Natal (RN)
Finalidade – Campeonato Brasileiro, 1ª Divisão, 1ª Fase
Árbitro – José Mário Vinhas
Renda – Cr$ 8.355.000,00
Público – 3.688
Gols do Sport – Ângelo, Douglas Onça e Luís Carlos
Sport – Paulo César Borges, Betão, Déti (Neco), Gil, Milton Lima, Cléber, Ângelo, Douglas Onça, Cremilson (Euzébio), Luís Carlos e Joãozinho. Técnico: Carlos Alberto Silva 

Jogo – Sport 2 x 0 Mixto (MT)
Data – 21 de abril de 1985
Local – Ilha do Retiro, Recife (PE)
Finalidade – Campeonato Brasileiro, 1ª Divisão, 1ª Fase
Árbitro – Manoel Serapião Filho
Renda – Cr$ 52.011.000,00
Público – 16.171
Gols – Douglas Onça e Luís Carlos
Sport – Paulo César Borges, Betão, Gil, Valdir Carioca, Milton Lima, Déti (Cléber), Ângelo, Douglas Onça, Zé Guimarães, Luís Carlos e Joãozinho 

Jogo – Sete de Setembro 0 x 1 Sport
Data – 19 de maio de 1985
Local – Garanhuns (PE)
Finalidade – Campeonato Pernambucano, 1ª Fase, 1º Turno
Árbitro – Aristóteles Cantalice
Renda – Cr$ 8.874.000,00
Público – 2.264
Gol – Douglas Onça
Sport – Paulo César Borges, Betão, Gassem, Valdir Carioca, Orlando, Cléber, Ângelo, Douglas Onça, Zé Guimarães, Milton Cruz (Euzébio) e Bozó. Técnico: Carlos Alberto Silva 

Jogo – Sport 4 x 0 América (PE)
Data – 29 de maio de 1985
Local – Ilha do Retiro, Recife (PE)
Finalidade – Campeonato Pernambucano, 1ª Fase, 1º Turno
Árbitro – Jair Pereira
Renda – Cr$ 17.528.000,00
Público – 4.152
Gols – Douglas Onça, Euzébio, Milton Cruz e Zé Guimarães
Sport – Paulo César Borges, Betão (Milton Lima), Gassem, Valdir Carioca, Orlando, Déti, Ângelo, Douglas Onça, Zé Guimarães, Milton Cruz (Euzébio) e Bozó. Técnico: Carlos Alberto Silva 

Jogo – Sport 3 x 1 Corinthians
Data – 17 de julho de 1985
Local – Ilha do Retiro, Recife (PE)
Finalidade – Campeonato Brasileiro, 1ª Divisão, 2ª Fase
Árbitro – Luís Carlos Félix
Renda – Cr$ 134.754.000,00
Público – 29.430
Gols do Sport – Bozó, Douglas Onça e Zé Guimarães
Sport – Paulo César Borges, Betão, Tobias, Valdir Carioca, Orlando, Cléber (Déti), Ângelo, Douglas Onça, Zé Guimarães, Luís Carlos e Bozó. Técnico: Carlos Alberto Silva
 
TODOS OS JOGOS DE DOUGLAS ONÇA PELO SPORT

(Nº de ordem – Data – Jogo – Competição – Gols do Sport)
1 – 10.02.85 – Botafogo (PB) 0 x 0 Sport – Campeonato Brasileiro
2 – 14.02.85 – Sport 3 x 0 ABC (RN) – Campeonato Brasileiro – Euzébio (2) e Zé Guimarães
3 – 24.02.85 – Sport 4 x 0 Sergipe (SE) – Campeonato Brasileiro – Luís Carlos (3) e Zé Guimarães
4 – 28.02.85 – Sport 1 x 0 Ceará (CE) – Campeonato Brasileiro – Luís Carlos
5 – 03.03.85 – CSA (AL) 0 x 2 Sport – Campeonato Brasileiro – Joãozinho e Zé Guimarães
6 – 07.03.85 – Sport 1 x 0 Nacional (AM) – Campeonato Brasileiro – Euzébio
7 – 10.03.85 – Mixto (MT) 2 x 1 Sport – Campeonato Brasileiro – Zé Guimarães
8 – 17.03.85 – Flamengo (PI) 0 x 1 Sport – Campeonato Brasileiro – Euzébio
9 – 20.03.85 – Sampaio Corrêa (MA) 2 x 4 Sport – Campeonato Brasileiro – Douglas Onça (2), Euzébio e Milton Lima
10 – 24.03.85 – Sport 5 x 1 Paysandu (PA) – Campeonato Brasileiro – Euzébio (2), Zé Guimarães (2) e Valdir Carioca
11 – 28.03.85 – Sport 2 x 0 Remo (PA) – Campeonato Brasileiro – Joãozinho e Luís Carlos
12 – 31.03.85 – Sport 1 x 2 Botafogo (PB) – Campeonato Brasileiro – Rommel
13 – 03.04.85 – ABC (RN) 1 x 3 Sport – Campeonato Brasileiro – Ângelo, Douglas Onça e Luís Carlos
14 – 07.04.85 – Sergipe (SE) 0 x 1 Sport – Campeonato Brasileiro – Zé Guimarães
15 – 10.04.85 – Ceará (CE) 0 x 1 Sport – Campeonato Brasileiro – Déti
16 – 14.04.85 – Sport 3 x 1 CSA (AL) – Campeonato Brasileiro – Joãozinho (2) e Luís Carlos
17 – 17.04.85 – Nacional (AM) 0 x 0 Sport – Campeonato Brasileiro
18 – 21.04.85 – Sport 2 x 0 Mixto (MT) – Campeonato Brasileiro – Douglas Onça e Luís Carlos
19 – 29.04.85 – Sport 1 x 1 Bahia (BA) – Amistoso Interestadual – Zé Guimarães
20 – 12.05.85 – Sport 1 x 1 Central de Caruaru – Campeonato Pernambucano – Luís Carlos
21 – 14.05.85 – Bahia (BA) 4 x 0 Sport – Amistoso Interestadual
22 – 19.05.85 – Sete de Setembro 0 x 1 Sport – Campeonato Pernambucano – Douglas Onça
23 – 23.05.85 – Santa Cruz 0 x 0 Sport – Campeonato Pernambucano
24 – 26.05.85 – Náutico 0 x 1 Sport – Campeonato Pernambucano – Milton Cruz
25 – 29.05.85 – Sport 4 x 0 América – Campeonato Pernambucano – Douglas Onça, Euzébio, Milton Cruz e Zé Guimarães
26 – 01.06.85 – Central de Caruaru 1 x 0 Sport – Campeonato Pernambucano
27 – 09.06.85 – Paulistano 1 x 3 Sport – Campeonato Pernambucano – Déti e Zé Guimarães (2)
28 – 15.06.85 – Central de Caruaru 2 x 2 Sport – Campeonato Pernambucano – Cléber e Milton Cruz
29 – 03.07.85 – Sport 1 x 1 Coritiba – Campeonato Brasileiro – Milton Cruz
30 – 10.07.85 – Corinthians 0 x 0 Sport – Campeonato Brasileiro
31 – 14.07.85 – Sport 1 x 0 Joinville (SC) – Campeonato Brasileiro – Luís Carlos
32 – 17.07.85 – Sport 3 x 1 Corinthians – Campeonato Brasileiro – Bozó, Douglas Onça e Zé Guimarães
33 – 21.07.85 – Coritiba 0 x 0 Sport – Campeonato Brasileiro
34 – 01.08.85 – Sport 2 x 1 Sete de Setembro – Campeonato Pernambucano – Ângelo e Luís Carlos
35 – 07.08.85 – Sport 2 x 1 Auto Esporte (PB) – Amistoso Interestadual – Luís Carlos e Orlando
36 – 14.08.85 – Sport 3 x 0 Santa Cruz (PB) – Amistoso Interestadual – Milton Cruz (2) e Zé Guimarães
37 – 18.08.85 – Sport 4 x 0 Atlético Caruaru – Campeonato Pernambucano – Henágio, Luís Carlos (2) e Milton Cruz
38 – 08.09.85 – Sete de Setembro 0 x 2 Sport – Campeonato Pernambucano – Luís Carlos e Zé Guimarães
39 – 15.09.85 – Atlético Caruaru 0 x 1 Sport – Campeonato Pernambucano – Adilson
40 – 29.09.85 – Sport 3 x 0 Paulistano – Campeonato Pernambucano – Adilson, Henágio e Tobias
41 – 13.10.85 – Sport 1 x 2 Santa Cruz – Campeonato Pernambucano – Luís Carlos
 
Douglas Onça  (Que fim Levou?)

RESUMO
Dados estatísticos de Douglas Onça no Sport


Competições

J

V

E

D

GP

GC

SG

Brasileirão

23

16

5

2

40

11

29

Camp. Pern.

14

9

3

2

25

8

17

Amistosos

4

2

1

1

6

6

0

TOTAL

41

27

9

5

71

25

46
 

Fonte:
- SPORT – RETROSPECTO, 1980 a 1999 – Carlos Celso Cordeiro e Luciano Guedes Cordeiro – Editora Livro Rápido, Olinda/PE/2007
- Elaboração e Edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

ONDE ESTAVAS TU, FERRINHA?


(Em busca do tempo perdido)


Ferroviária 1996 - Dr Waldemar Paschoalino - Adriano - Tião Scarpino - Rodrigo Dias - Toninho - Luciano Lamoglia  e Luiz  Bustamante      Juari - Romildo - Otávio Augusto - César Mineiro - Gilmar e Celso (Ferroviariadeararaquara.com.br)

Rebaixada para a série A2 do Campeonato Paulista em 1996, a Ferroviária jamais conseguiu voltar à elite do futebol de São Paulo.
Em 2014, a agremiação de Araraquara completará 18 anos fora da A1, atingindo a “maioridade” no cumprimento de penas por ter falhado na busca pelo retorno ao lugar que foi seu por 40 anos.
Em termos de divisões inferiores, a Locomotiva atingirá a fase adulta, esperando-se que não envelheça sem voltar a trilhar os bons caminhos.
Durante esse tempo todo – 1997 a 2013 –, a Ferroviária viu 36 outros clubes subirem para a A1.
Nesse período, quem mais conquistou o acesso foi o Rio Claro: três vezes, em 2006, 2009 e 2013.

Rio Claro FC  (Rioclarofutebolclube.com.br)

Quinze clubes comemoraram a subida em duas oportunidades:
Ituano – 1997 e 2001
União Barbarense – 1998 e 2012
América – 1999 e 2001
Botafogo – 1999 e 2008
São Caetano – 2000 e 2002
Juventus – 2001 e 2005
Santo André – 2001 e 2008
Atlético Sorocaba – 2003 e 2012
Oeste – 2003 e 2008
Noroeste – 2005 e 2010
Sertãozinho – 2006 e 2009
Portuguesa – 2007 e 2013
Guarani – 2007 e 2011
São Bernardo – 2010 e 2012
Comercial – 2011 e 2013 
Comercial 2011 (comercial-fc.com.br)

Vinte agremiações arribaram uma vez para a divisão principal:
Matonense – 1997
Ponte Preta – 1999
Marília – 2002
Paulista – 2002
Internacional de Limeira – 2004
São Bento – 2005
Bragantino – 2005
Guaratinguetá – 2006
Grêmio Barueri – 2006
Mirassol – 2007
Rio Preto – 2007
Mogi Mirim – 2008
Monte Azul – 2009
Rio Branco – 2009
Americana – 2010
Linense – 2010
Catanduvense – 2011
XV de Piracicaba – 2011
Penapolense – 2012
Audax (2013)
Audax 2013  (audax.com.br)



Será que, com o “de maior” virá também o “juízo”?  Torcida não falta.
 
Fontes:
- Wikipédia
- RSSSF Brasil
- Arquivo pessoal
Elaboração e edição: Vicente Henrique Baroffaldi e Paulo Luís Micali