quarta-feira, 17 de abril de 2013

ARTILHARIA GRENÁ NO SÉCULO XXI

 Quem mais marcou gols para a Ferroviária, no Campeonato Paulista e na Copa Paulista, nas edições deste século (2001 a 2013) 



ANO

CAMPEONATO PAULISTA

COPA PAULISTA

2013

A2 –Obina e Wellington Amorim, 4

-

2012

A2 – Fabrício Carvalho, 10

Wellington Amorim e Robson, 10

2011

A2 – Moisés, 6

Jobinho, 6

2010

A3 – Danilo Martins, 14

Leandro Miranda, 8

2009

A2 – Robinson, 4

Danilo Martins, 5

2008

A2 – Fabinho, 7  (*)

Fabinho, 8 (**)

2007

A3 – Jó, 10

Robson Goiano, 7

2006

A3 – Dinei, 18

Francisco Alex, 6

2005

A3 - ?

Tarciano e Dinei, 6

2004

B1 – Anderson, 16

-

2003

A3 – Carlinhos e Aílton, 3

Danilo, 7

2002

A3 – Zé Ilton e Toledo, 6

Rodrigo Dias e Fábio Zeni, 2

2001

B1 – Marcos Vinícius, 9

-

* Fábio Marcos dos Santos, natural de Taubaté-SP, nascido em 16.03.1980.
** Fabiano de Souza Barbuio, natural de São Paulo-SP, nascido em 06.04.1983.

Observações: 

A Ferroviária não participou das edições da Copinha em 2001 e 2004 por integrar a Série B1.

A Copa Paulista de 2013 será disputada a partir de julho.

Não temos todos os artilheiros da Ferrinha no Campeonato Paulista de 2005, mas ninguém se destacou com muitos gols.

 Campeonato Paulista (Séries A2, A3 e B1)
A demonstrar que, hoje em dia, os jogadores de futebol passam por migrações constantes, não esquentando lugar em clube nenhum, a Associação Ferroviária de Esportes de Araraquara teve, em treze anos de disputas de Campeonato Paulista, 16 artilheiros diferentes, não se registrando nenhum repeteco, ou seja, jamais, neste século, um jogador conseguiu ser artilheiro duas ou mais vezes pela AFE, em edições distintas de campeonatos paulistas.
O maior de todos os artilheiros afeanos no certame bandeirante, no século XXI, foi Dinei, em 2006, pela Série A3, com um total de 18 gols marcados.
Em seguida aparece Anderson, que em 2004, atuando no campeonato da Série B1, consignou 16 tentos.
Em terceiro lugar, igualmente com destaque, figura Danilo Martins, autor de 14 gols no Campeonato Paulista de 2010, Série A3. 

Copa Paulista
 (que já teve outras denominações: Estado de São Paulo, Mauro Ramos de Oliveira, Coca Cola e Federação Paulista de Futebol)
Fato idêntico aconteceu com os artilheiros da Ferrinha na Copa Paulista, ao longo das disputas por essa competição. Jamais um mesmo atleta conseguiu ser artilheiro maior da AFE em mais de uma edição. Tivemos 13 goleadores distintos envergando a jaqueta grená.
Wellington Amorim e Robson, com 10 tentos assinalados na Copa Paulista de 2012, foram os que mais marcaram pelas cores grenás nessa competição.
 Robson
Leandro Miranda (8 gols em 2010) e Fabinho (8 gols em 2008) aparecem em seguida.
Leandro Miranda
 
Campeonato Paulista + Copa Paulista

Três atacantes tiveram a primazia de goleador nº 1 da Ferrinha nessas duas competições, mas em anos diferentes:
Wellington Amorim – artilheiro maior da AFE na Copa Paulista de 2012 e no Campeonato Paulista de 2013.
Wellington Amorim
Danilo Martins – maior destaque em gols da AFE na Copa Paulista de 2009 e no Campeonato Paulista de 2010.
Danilo Martins
 Dinei – principal goleador afeano na Copa Paulista de 2005 (dividindo esse feito com Tarciano) e no Campeonato Paulista de 2006. 
Dinei
 
Fica, Wellington Amorim!!!
Wellington Amorim (Foto: Deivide Leme)
Se Wellington Amorim permanecer na Ferroviária em 2013, poderá tornar-se  o primeiro goleador a alcançar a artilharia máxima da agremiação de Araraquara, na Copa Paulista, em duas oportunidades, neste século.
 
Galeria de Artilheiros da AFE:
 
Fabrício Carvalho
 
Francisco Alex (Vestindo a  camisa do SPFC)
 
Moisés
 
Robson Goiano (Vestindo a camisa do Cuiabá)
 
Jobinho
 
J. Obina
 

 Fonte:
 - Arquivo pessoal

- Colaboração: de Guilherme Peixoto Alves Ferreira, esclarecendo que o Fabinho artilheiro pela AFE no Campeonato Paulista de 2008, Série A2, não é o mesmo Fabinho artilheiro pela AFE na Copa Paulista do mesmo ano
 Fotos:
 Ferroviariasa.com.br; rssoccerbusiness.com.br; jogolimpo.com; fotos de divulgação da internet
 
Pesquisa e elaboração: Vicente Henrique Baroffaldi

Nenhum comentário:

Postar um comentário