terça-feira, 23 de abril de 2013

AÍLTON – ATACANTE AFEANO DOS BONS TEMPOS


Ailton Na Ferroviária
 No início da melhor década de toda a sua história, a Associação Ferroviária de Esportes teve, entre tantos outros, um atacante que andou fazendo seus gols e participando de acontecimentos importantes, como a segunda excursão da equipe ao exterior, em 1963. Aílton, o seu nome, veio do São Paulo Futebol Clube em 1962 e aqui permaneceu até o ano subsequente.
Ailton na Ferroviária
No tricolor, onde foi levado pelo técnico Caxambu, Aílton jogou 28 vezes e marcou 11 gols, isso de 1960 a 62. Teve o privilégio de jogar ao lado de Canhoteiro.

São Paulo 1961 - Em pé: Dario, Poy, Geraldo, Delue, Luis Valente, Benê e o mordomo Serrone. Agachados: Faustino, Baiano, Gino, Canhoteiro e Ailton.

Após deixar o tricolor, Aílton defendeu a Ferroviária, o Paulista de Jundiaí, o São Paulo de Londrina e o Saad (de São Caetano), onde encerrou a carreira em 1967 em virtude de uma contusão no joelho.

Ailton e ex-jogadores - Da esquerda para a direita: o goleiro Zuza, Toni, Daniel e Ailton

Na Ferrinha, o atacante teve a oportunidade de atuar ao lado de grandes jogadores como Bazani, Dudu, Galhardo, Rodrigues, Parada, Beni, Peixinho, Geraldo Scalera, Tales, Capitão... 
Natural de Santo André, onde sempre residiu, Francisco Aílton Dias nasceu em 26 de janeiro de 1942 e faleceu no hospital Mário Covas, em 23 de junho de 2008, vítima de câncer de próstata.
 
Na sequência, são apresentadas as súmulas de algumas partidas realizadas por Aílton em defesa das cores grenás de Araraquara. 

Jogo: A.A. Campinense (GO) 1 x 6 Ferroviária
Data: 31 de maio de 1962, quinta-feira
Local: Goiânia (GO)
Finalidade: Amistoso Interestadual
Gols AFE: Beni, Bazani, Parada, Aílton, Melão e Mateus
Gol Campinense: Beto
Campinense: China (Cléber); Sérgio, Beto, Zeca (Tobias) e Dorinho; Saulo (Elton) e Gibrail; Everton (Ciro), Odílio (Messias), Valter Cicles e Agostinho
AFE: Toninho (Aparecido); Galhardo, Percy, Rodrigues e Zé Maria; Dudu (Adão) e Bazani; Laerte (Mateus), Aurélio (Aílton), Parada (Melão) e Beni
Observações: A um minuto de jogo, o goleiro Toninho sofreu um chute na boca e foi afastado da partida.  Aparecido defendeu um pênalti cobrado por Beto.
 

Ferroviária de Araraquara , anos 60 -  Em pé: o técnico Francisco Sarno, Geraldo Scalera, Dudu, Aparecido, Zé Maria, Rodrigues e Antoninho. Agachados: Tião Nego, Cido, Ailton Lataria, Bazani e Tales.
Jogo: Atlético Goianiense 1 x 3 Ferroviária
Data: 3 de junho de 1962, domingo
Local: Goiânia (GO)
Finalidade: Amistoso Interestadual
Árbitro: Cândido de Oliveira (Liga Goianiense de Futebol)
Renda: Superior a Cr$ 300.000,00
Expulsão: Bazani (AFE)
Gols AFE: Bazani, Aílton e Beni
Gol Atlético: Cabelo
Atlético Goianiense: Bela Vista; Licinho, Paulinho, Cantinho e Alemão; Luizinho (Cabelo) e Zezinho (Hamilton); Epitácio (Eurípedes), Luizinho II, Fabinho e Canhoto (Amaral). Técnico: Pixo (ex-grená)
AFE: Aparecido; Galhardo, Antoninho e Zé Maria (Percy); Dudu e Rodrigues; Mateus (Tião), Aurélio (Aílton), Parada (Melão), Bazani e Beni
 
 Jogo: Ferroviária 3 x 0 XV de Piracicaba
Data: 10 de outubro de 1962, quarta-feira (noite)
Local: Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Finalidade: Campeonato Paulista/2º turno
Árbitro: Manoel Joaquim Ramos
Renda: Cr$ 110.400,00
Gols: Dudu, Beni e Bazani
AFE: Aparecido; Geraldo Scalera, Antoninho e Zé Maria; Dudu e Rodrigues; Davi, Aílton, Tião, Bazani e Beni. Técnico: Djalma Bonini (Picolim)
XV: Orlando; Orlando Maia, Ditão e Dema; Biguá e Dorival; Osvaldinho, Maneca, Ubiraci, Fernando Sátiro e Valdir
 
Jogo: Ferroviária 1 x 1 Santos
Data: 25 de novembro de 1962, domingo (tarde)
Local: Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Finalidade: Campeonato Paulista/2º turno
Árbitro: Aírton Vieira de Morais
Expulsão: Coutinho
Renda: Cr$ 2.489.300,00
Gol AFE: Geraldo Scalera
Gol Santos: Zito
AFE: Toninho; Geraldo Scalera, Antoninho e Zé Maria; Dudu e Rodrigues; Peixinho, Davi, Tião, Bazani e Aílton
Santos: Gilmar (Laércio); Ismael, Mauro e Zé Carlos; Zito e Calvet; Dorval, Lima, Coutinho, Pelé e Pepe 
 
Jogo: Deportivo Barranca (COL) 0 x 7 Ferroviária
Data: 12 de fevereiro de 1963, terça-feira
Local: Barrancabermeja (Colômbia)
Finalidade: Amistoso Internacional
Gols: Bazani (2), Aílton (2), Capitão, Cido e Tião Nego
AFE: Toninho (Aparecido); Geraldo Scalera (Galhardo), Antoninho (Mário) e Zé Maria (Hélio); Dudu (Mário) (Capitão) e Rodrigues (Brandão); Tião Nego, Cido, Capitão (Aílton), Bazani (Dudu) (Capitão) e Tales. Técnico: Francisco Sarno 

Jogo: Ferroviária 1 x 3 Guarani
Data: 23 de junho de 1963, domingo
Local: Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Finalidade: Campeonato Paulista/1º turno
Árbitro: Benedito Francisco
Renda: Cr$ 305.500,00
Gol AFE: Aílton, 20’/2º
Gols Guarani: Jurandir, 7’, Osvaldo, 10’ e Américo, 33’ do 1º
AFE: Toninho, Zé Maria, Fogueira e Galhardo; Fernando Sátiro e Rodrigues; Peixinho, Aílton, Tales, Capitão e Souza
Guarani: Dimas; Osvaldo Cunha, Ditinho e Diogo; Ilton e Eraldo; Jurandir, Amauri, Américo, Tião Macalé e Osvaldo.  

Ferroviária anos 60 - Em pé: Aparecido, Fogueira, Dudu, Galhardo, Beluomini e Geraldo Scalera. Agachados: Peixinho, Tales, Tião Nego, Capitão e Ailton.
 
Jogo: Juventus 0 x 1 Ferroviária
Data: 30 de junho de 1963, domingo
Local: Rua Javari, em São Paulo (SP)
Finalidade: Campeonato Paulista/1º turno
Árbitro: Romualdo Arppi Filho
Renda: Cr$ 527.000,00
Gol: Peixinho, 40’/2º
Juventus: Claudinei; Diógenes, Milton e Valter;  Sidney e Clóvis; Célio, Quarenta, Luizinho, Jair Francisco e Gélson. Técnico: Sílvio Pirilo
AFE: Toninho; Geraldo, Fogueira e Galhardo; Dudu e Mário; Peixinho, Aílton, Tales, Capitão e Souza. Técnico: Floreal Garro 

Jogo: Ferroviária 0 x 1 São Paulo
Data: 7 de julho de 1963, domingo
Local: Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Finalidade: Campeonato Paulista/1º turno
Árbitro: Albino Zanferrari
Renda: Cr$ 1.450.000,00
Gol: Benê, 11’/2º
AFE: Toninho; Geraldo Scalera, Fogueira e Galhardo; Dudu e Mário; Peixinho, Lio, Tales, Capitão e Aílton. Técnico: Floreal Garro
São Paulo: Suly; Deleu, Jurandir e Riberto; Leal e Roberto Dias; Cecílio Martinez, Benê, Baiano, Osvaldinho e Canhoteiro. Técnico: Osvaldo Brandão 

Jogo: Palmeiras 3 x 1 Ferroviária
Data: 24 de julho de 1963, quarta-feira (noite)
Local: Pacaembu, em são Paulo (SP)
Finalidade: Campeonato Paulista/1º turno
Árbitro: Eunápio de Queirós
Expulsão: Dudu (AFE), nos primeiros minutos do segundo período
Renda: Cr$ 2.407.700,00
Gol AFE: Tales, 41’/2º
Gols Palmeiras: Servílio (2) e Tupãzinho
Palmeiras: Valdir; Djalma Santos, Djalma Dias e Vicente; Zequinha e Tarciso; Gildo, Servílio, Paulo Leão, Tupãzinho e Nilo
AFE: Toninho; Geraldo Scalera, Fogueira e Galhardo; Dudu e Mário; Peixinho, Tales, Lio, Capitão e Aílton. Técnico: Floreal Garro


Fontes:

- Que fim levou?  (Milton Neves)
- Almanaque do São Paulo, Alexandre da Costa, Abril/2005
- Tópicos do Passado da AFE, Antônio Jorge Moreira (Museu do Futebol e Esportes de Araraquara)
- O Caminho da Bola, Rubens Ribeiro/FPF
- Arquivo pessoal
- Fotos: Que fim Levou - Milton Neves ( UOL)
- Edição: Paulo Luís Micali
- Pesquisa e elaboração: Vicente Henrique Baroffaldi

Nenhum comentário:

Postar um comentário