terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

FERROVIÁRIA - O TÉCNICO PRETENDIDO: ÉDISON SÓ



Édison Só


A primeira vez que Édison Só dirigiu a Ferroviária foi no período de 16 de setembro de 2006 a 22 de março de 2008 (um ano e meio).

Em 77 jogos, Édison Só obteve 38 vitórias e 23 empates, sendo derrotado em 16 ocasiões. Com ele, a AFE marcou 133 gols, sofreu 76 e teve um elevado saldo de 57 tentos.

Édison Só levou a Ferroviária ao título de campeã da Copa Federação Paulista de Futebol (atual Copa Paulista), em 2006. No ano seguinte (2007), conseguiu o acesso à Série A2 do Campeonato Paulista, ao terminar o certame da A3 em terceiro lugar. Na Copa FPF de 2007, nova campanha de destaque, com a Ferroviária chegando às semifinais.

Após essa participação de Édison Só, totalizando 77 jogos, nenhum outro técnico permaneceu por tanto tempo dirigindo a Ferroviária. Quem mais se aproximou de Édison Só foi Ito Roque, que somou 52 jogos na direção técnica da Ferrinha. João Martins chegou a 54 jogos, mas em duas participações. Édison Só foi substituído, em 2008, por Luiz Carlos Ferreira.

A segunda vez que dirigiu a Ferroviária, Édison Só ficou muito pouco tempo: de 19 de julho a 10 de outubro de 2008, durante a Copa Paulista. Conseguiu um resultado regular: 5 vitórias, 5 empates e 5 derrotas. A AFE marcou 17 gols e sofreu 16. Édison Só foi, então, substituído por Valmir Gritti.
 
Édison Só
 
Todos os jogos de Édison Só em defesa da Ferroviária:

No cômputo geral, somando-se as duas participações de Édison Só como técnico grená, foram 92 jogos, com 43 vitórias, 28 empates e 21 derrotas. A Ferroviária anotou 150 gols e sofreu 92, obtendo um belo saldo de 58.



Fonte:
Arquivo Pessoal


Fotos:
blogdoedmarferreira.blogspot.com

futebolinterior.com.br


 Pesquisa e Elaboração: Vicente Henrique Baroffaldi

Edição: Paulo Luís Micali

Nenhum comentário:

Postar um comentário