domingo, 25 de novembro de 2012

A PRESENÇA DO VASCO DA GAMA EM INAUGURAÇÕES DA FONTE LUMINOSA, EM ARARAQUARA (DÉCADA DE 1950)


O Clube de Regatas Vasco da Gama faz parte da história da Associação Ferroviária de Esportes (AFE) de Araraquara.
Quando a Ferroviária iniciava a prática do futebol, em 1951, e inaugurava o seu estádio, o cruzmaltino foi convidado para a festa.
Assim, no dia 10 de junho de 1951, um domingo, a AFE fazia o sexto jogo de sua história enfrentando o time mais forte do Brasil, na época.
Não foi páreo. Já no primeiro tempo o Vasco estabelecia 5 a 0 e parava no segundo tempo. Friaça deu show e anotou 4 gols. O estádio, tido como o melhor
do interior, ficou lotado e a torcida vibrou com a abertura de um novo local de espetáculos e com a exibição do Vasco.
 
A ficha do jogo:
 
Ferroviária 0 x 5 Vasco da Gama
 
Data: 10 de junho de 1951, domingo
Local: Estádio Dr. Adhemar Pereira de Barros (Fonte Luminosa), em Araraquara (SP)
Finalidade: Amistoso Interestadual para inauguração do estádio
Árbitro: Alberto da Gama Malcher (Federação Carioca de Futebol)
Auxiliares: Ernani Salvador Volpi e Rolando Volpi, da LAF (Liga Araraquarense de Futebol)
Renda: Superior a Cr$ 300.000,00
Gols: Friaça (4) e Tesourinha
Ferroviária: Sandro (Tino); Sarvas (Espanador) e Aléssio; Pierri, Basso e Pimentel (Rudge); Guardinha (Baltazar), Fordinho (Milton Viana), Marinho (Fordinho), Gonçalves e Baltazar (Tonhé). Técnico: Zezinho Silva
Vasco da Gama: Barbosa; Augusto (Laerte) e Clarel; Ipojucan (Lola), Danilo e Alfredo; Tesourinha, Ademir (Amorim), Friaça, Maneca (Ipojucan) e Djair (Chico). Técnico: Flávio Costa
Preliminar: Amadores da AFE 1 x 0 ACEA (Associação dos Cronistas Esportivos de Araraquara), gol de pênalti.

Já em 1959, o Vasco voltou a ser convidado para nova inauguração. Desta feita, do sistema de iluminação do estádio da Fonte Luminosa. Em jogo bastante disputado, o placar final apontou empate de 3 a 3.
 
Os dados:
 
Ferroviária 3 x 3 Vasco da Gama
 
Data: 15 de abril de 1959, quarta-feira
Local: Estádio Dr. Adhemar Pereira de Barros (Fonte
Luminosa), em Araraquara (SP)
Finalidade: Amistoso Interestadual para inauguração oficial do sistema de iluminação do estádio (128 projetores dispostos em 4 torres); e também em comemoração aos nove anos de existência da Ferroviária
Renda: Cr$ 395.470,00
Gols: Almir, Paulinho (contra), Antoninho (contra), Rubens (pênalti), Bazzani e Capelosa
Ferroviária: Rosan; Ismael e Antoninho; Dirceu, Rodrigues e Osni; Amaral, Cardoso, Baiano, Bazzani e Wilsinho (Capelosa)
Vasco da Gama: Hélio; Paulinho e Bellini; Laerte, Barbosinha e Dario; Sabará, Rubens, Roberto, Almir e Pinga
Obs.: Antoninho (AFE) perdeu um pênalti.


FONTES:
Arquivo do Professor Antônio Jorge Moreira (Museu do Futebol e Esportes de Araraquara, Arena Fonte Luminosa);
Fonte Luminosa – Ferroviária (Luís Marcelo Inaco Cirino), Pontes Editores/Campinas – 2005.
Texto: Vicente Henrique Baroffaldi

Nenhum comentário:

Postar um comentário